VEREADOR DO PT QUE INVADIU IGREJA E AVACALHOU COM MISSA PODE SER INOCENTADO E SER CANDIDATO A DEPUTADO COMO PRÊMIO DO PARTIDO?





O vereador do PT, acusado de comandar a invasão da Igreja do Rosário em cinco de fevereiro passado tem até o dia 29 de abril para protocolar a defesa, junto a Comissão de ÉTICA da Câmara Municipal,  o que joga para o mês de maio a decisão sobre o ato, o parecer do relator Sidney Toaldo (Patri) do caso Renato Freitas será entregue nos próximos dias e aí poderemos saber se será um pedido pela cassação ou uma suspensão ou até mesmo o  arquivamento da denúncia.

Se Renato Freitas perder o mandato deve ficar oito anos sem direito políticos como pena e não vai poder disputar a eleição estadual de outubro. O ptista é pré – candidato a deputado estadual!



Comentários