SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FAZ CHAMAMENTO DAS FAMÍLIAS INSCRITAS NO “SISCAD” PARA PREENCHER VAGAS INTEGRAIS NOS CMEIS POLOS

 



19/01/2022

Desde essa terça-feira (18), com o objetivo de distribuir justamente as vagas integrais dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI’s), a Secretaria de Educação e Cultura (SEMEC) tem realizado o chamamento das famílias que já haviam entrado em contato com as Unidades de Ensino e realizado o cadastro no Sistema de Cadastro Único nos CMEI’s (SISCAD).

 

Pais ou responsáveis que tem interesse nas vagas foram notificados para fazer a entrega dos documentos necessários até o dia 25 de janeiro. A análise será feita pelo Departamento de Educação Básica da Secretaria Municipal de Educação e Cultura observando os critérios pré-estabelecidos.

 

As vagas integrais estão disponíveis nos CMEIs Polos do João Paulo II, Lar Escola Retiro Feliz, CMEI Noêmia Hauagee, Izabel Oliveira, Xarquinho e Alegria do Saber. Por conta do aumento recente dos casos de COVID-19, o atendimento de cada CMEI acontece em dias distintos, com atendimento agendado pela SEMEC. Para outras informações, o telefone para contato é o 3623-1420.

 

SELEÇÃO

O resultado será divulgado entre os dias 8 a 12 de fevereiro quando as equipes entrarão em contato com a família contemplada. Aqueles que não forem contemplados com a vaga integral serão redirecionados para outros centros de educação.

 

“Reforçamos que  estamos seguindo todos os procedimentos das ofertas de vagas dos CMEI’s já publicado em Boletim Oficial,  desta forma a seleção ocorre de forma justa”, afirma o secretário de Educação, Pablo de Almeida.

 

DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA AVALIAÇÃO

Para registro da avaliação, é necessário entregar cópia da carteira de trabalho assinada de todas as pessoas que moram na casa, certidão de nascimento da criança, laudo médico, caso a criança possua algum tipo de comorbidade, comprovante de inscrição no Cadastro Único, se for beneficiária.

 

Se um dos pais for menor de idade e estudar, é necessário levar uma declaração da Instituição de Ensino. Já se algum dos membros da família trabalhar sem carteira assinada, basta pedir uma declaração do seu local de trabalho.


Comentários