PESQUISA DO PROCON DE GUARAPUAVA INDICA QUE O PREÇO DO MATERIAL ESCOLAR PODE VARIAR ATÉ 696% ENTRE LOJAS

 




Janeiro é período de voltas às aulas e de compra de materiais escolares. Com o objetivo de orientar os consumidores de Guarapuava, o Procon realizou uma pesquisa  de preço de materiais escolares  no comércio da cidade. O levantamento feito entre os dias 26 e 28, apontou a diferença nos valores de itens básicos, e que alguns podem variar em mais de 600%. 

 

Ao todo 59  itens foram pesquisados, entre apontador, borracha, caderno, caneta, massa de modelar, papel sulfite, régua, tesoura, e outros, em seis estabelecimentos que participaram da pesquisa.  A maior variação de preço encontrada foi no apontador simples. O menor preço foi R$ 0,25 e o maior R$ 1,99, uma variação de 696% entre um estabelecimento e outro. E a menor variação foi na caixa de clipes, com variação de R$ 2,25 e R$ 2,99 entre as lojas, uma diferença de 33%. 

 

“A pesquisa deixa claro que há uma grande variação de preços no mercado de Guarapuava, por isso é muito importante analisar bem o custo benefício antes de comprar, buscando sempre um produto de qualidade e bom preço”, explicou a Coordenadora do Procon, Luana Esteche. 

 

Ainda segundo a coordenadora, na lista de material escolar solicitada pelas escolas, os pais devem ficar atentos, pois nem todos os materiais listados são obrigatórios, itens  de escritório, de higiene ou limpeza, por exemplo, conforme determina a Lei nº 12.886 de 26/11/2013.

 

Uma dica importante é, antes de ir às compras o consumidor verificar quais produtos já possui em casa e, se estão em condições de uso. “O consumidor que quiser economizar deve ser persistente na pesquisa, já que  a diferença de marcas e preços é grande”, concluiu Luana. 

 

Outras papelarias foram convidadas para a  pesquisa, mas apenas seis participaram. 

 

Acesse a tabela elaborada pelo Procon aqui.


Comentários