MAIORIA DOS INFECTADOS PELO CORONAVÍRUS EM JANEIRO APRESENTA QUADRO LEVE DA DOENÇA

 


Desde o final de 2021, Guarapuava teve um aumento expressivo de pessoas contaminadas pelo coronavírus. Apesar das taxas elevadas, o cenário se diferencia de outros momentos em que o município teve alta no número de casos.

 

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), agora, a grande maioria dos infectados está na faixa etária dos 35 anos e possuem sintomas como tosse, irritação na garganta, dor muscular e dor de cabeça, que duram de 3 a 5 dias. Sintomas esses que caracterizam quadros leves da doença, excluindo necessidade de internamento e risco de morte.

 

Em maio de 2021, quando o número de casos contabilizados foi de 5.459, 149 mortes ocorreram em decorrência da doença. Por outro lado, desde o começo da nova onda, em 25 de dezembro, 11.911 pessoas foram infectadas, número que representa 31,3% dos casos registrados desde o início da pandemia, com 2,3% do total de mortes.

 

De todos os contaminados no último mês, cerca de 65,1%, ou 7.763 já estão totalmente recuperados. Para o secretário de Saúde, Jonilson Pires, a mudança no comportamento epidemiológico é um fator determinante para a definição das medidas sanitárias. “Hoje nós temos um cenário bem diferente do que há um ano atrás. A maioria dos pacientes se recupera em casa, com o acompanhamento do Call Center e da assistente de saúde SARA”, destacou Jonilson. 


Comentários