QUARTETO DAS DROGAS ? O CERTO É QUE OS 4 DESTRUIAM FAMILIAS DISTRIBUINDO DROGAS, PM NÃO DÁ MOLEZA!!

 

FOTO ILUSTRATIVA DE OCORRENCIA SIMILAR  ARQUIVO

 Os quarteto , até poderia formar  um podre  quartal, ou derivado de trisal  , enfim ,  coisa parecida, no entanto,   foram  presos não por problemas no relacionamento dos 4 , e sim por estragar outras famílias com a maldita e constante entrega de drogas, levando jovens e pessoas de todas as idades a perder o amor-próprio se entregando ao vicio , através da distribuição via WHATSAPP. CONFIRA NO B.O esta  AÇÃO EFICAZ DA POLICIA MILITAR NO COMBATE AO TRÁFICO EM GUARAPUAVA!!

DIRETO DO B.O 

Por volta das 20h52min, equipes policiais deslocaram até o Centro, onde após levantamento de informações, de uma possível situação de tráfico que estava ocorrendo, que os envolvidos faziam as entregas das drogas rotineiramente. Portanto foi visualizado pela equipe, um cidadão nas proximidades da Praça 9 de Dezembro em atitude suspeita e diante do fato, foi realizado a abordagem o qual tentou quebrar seu aparelho celular, sendo que em revista pessoal foi localizado 02 duas porções de substância análoga a cocaína. 

Em primeiro momento, o abordado, 18 anos tentou ludibriar as equipes mentindo seu nome, porém posteriormente foi identificado. Em conversa com o abordado, este relatou a equipe que vendia drogas com seu amigo.

go, o qual reside com ele e que teria mais algumas drogas no apartamento. Foi deslocado até o local onde foi localizado além destes já citados mais um homem de 20 anos e uma mulher de 18 anos. Realizada buscas no interior do apartamento onde foi localizado mais 08 oito buchas de substância análoga a cocaína dentro de uma embalagem plástica e certa quantia de substância análoga a maconha. Segundo os envolvidos os entorpecente seriam dos dois homens. Realizada mais buscas, foi localizado dentro da bolsa da mulher mais uma certa quantia substância análoga a maconha e uma certa quantidade de dinheiro trocado, o qual é característico do tráfico de drogas. Indagados, informaram que estavam realizando o comércio de drogas há um certo tempo e que negociações seriam feitas via aplicativo Whatsapp. Devido ao fato foi dado voz de prisão aos envolvidos e encaminhados com as drogas até a delegacia para serem tomadas as medidas cabíveis

Comentários