O CASO POLÊMICO DAS COMISSÕES REMUNERADAS RECEBIDAS PELA VEREADORA CRIS WAINER DO PT

 



Em uma comissão recebi 1 mês e a outras 6 meses , foram 3.374,00.”



No início da tarde de ontem apresentamos em primeira mão  uma matéria polêmica, envolvendo a vereadora , professora e sindicalista Cris Wainer do PT.

A vereadora era acusada de ter recebido por participar de três comissões permanentes de avaliação de desempenho CAD, bem como Avaliação e Aprovação e Especialização Profissional e Cultural e de Avaliação e Julgamento CAJ, que a priore, poderiam ser compostas por servidores que estão disponibilizados para as Secretaria da Educação.

A legisladora após ser consultada diretamente no seu Whatsapp, destacou que os valores foram repassados a mesma por participar de comissões


“Em uma comissão recebi 1 mês e a outras 6 meses , foram 3.374,00.” Comentou .


A vereadora que a anos é sindicalista reforçou que a participação dela teria sido uma indicação sindical.


“ O sindicato me indicou para as comissões, mas diante de estar como vereadora, fui substituída , mesmo representando o sindicato.”



Reforcei na conversa via aplicativo, a questão dos valores recebidos, ela reafirmou que de fato recebeu, mas devolveu os recursos. Segundo ela, a devolução foi registrada oficialmente.


A vereadora, no entanto, não especificou de que forma foi feita e a quem o recurso teria sido destinado no ato da devolução, pois deve existir todo um trâmite burocrático e legal para realizar este ato aos cofres públicos.


Cris limitou-se a dizer que a devolução do dinheiro teria sido registrada e foi realizada por ato próprio.


Comentários