Doutora do fervo> Médica é acionada por participar de festas com aglomeração de pessoas

 




Uma médica que teria participado repetidamente de festas, com aglomeração de pessoas, foi acionada pelo Ministério Público do Paraná (MPPR). A ação civil pública requer que ela pague R$ 75 mil de indenização por dano moral coletivo.

A verba vai ser destinada ao Fundo Municipal de Saúde. A médica foi autuada três vezes pelo município, em 21 de fevereiro, 20 de março e 30 de maio, por participar de eventos clandestinos, desrespeitando as normas dos decretos em vigor relacionados ao combate à pandemia de covid-19.

Conforme a ação, agentes fiscais de Campo Mourão, informaram que as celebrações, realizadas durante o horário em que estava em vigor o toque de recolher, reuniram várias pessoas que não usavam máscaras e não respeitavam o distanciamento social.

O MP pede na ação, liminarmente, que a médica seja obrigada a não organizar, realizar ou frequentar evento festivo com aglomeração de pessoas, seja em ambiente público ou privado, e a cumprir integralmente todas as normas sanitárias vigentes, sob pena de pagamento de multa de R$ 10 mil por ato violador.


Comentários