RATINHO NÃO FALA DE RECURSOS QUE CHEGARAM EM 2020 AO PR E COMO FORAM USADOS !! MAS ENDURECE DECRETO E CULPA BALADAS POR CASOS NO ESTADO

 



O governador Ratinho Júnior (PSD) culpou nesta (26) as “festas” e “baladas clandestinas” pelos números gigantes de casos de Covid-19, e o risco de colapso do sistema de saúde, não falou sobre recursos que vieram ao governo estadual via Governo Bolsonaro  e como foram ou não foram usadas, para explicar o eminente colapso. Apenas prometeu fiscalização rigorosa e pediu para a população denunciar casos de aglomeração e descumprimento das regras contra a pandemia. O estado não está entre os convocados para CPI DO COVID19 no senado.

 Ratinho Jr disse que deu ordem para as forças de segurança para fazerem “blitzes” diárias contra quem está infringindo as restrições contra a proliferação da doença. As declarações foram dadas em entrevista à RPC um dia depois do governo baixar decreto com novas medidas de restrição à circulação, com ampliação do toque de recolher e fechamento do comércio aos domingos, que começam a valer amanhã

Para o governador, os “poucos irresponsáveis que fazem balada clandestina, aglomerações sem se preocupar com o distanciamento” estariam colaborando para o momento crítico da pandemia no Estado. “Essas aglomerações acabam fazendo um volume de transmissão muito grande e que está atacando mais os jovens. Aqueles que estão ocupando mais leitos de UTI”, afirmou. “Em média, antes, a permanência nas UTIs era de 14 a 15 dias. Agora, está a aumentando para 21, e muitos casos um mês”, explicou, afirmando que com isso, os leitos de UTI têm uma rotatividade menor.

Segundo Ratinho Jr, em reunião com os comandantes das polícias Militar e Civil foi acertado que elas vão intensificar as operações de fiscalização para combate às festas clandestinas e acidentes de trânsito. “Por isso temos que trabalhar muito a fiscalização e diminuir o trauma. Que são os acidentes de trânsito que ocupam muito UTIs. E também brigas”, disse.

O governador lembrou dos recentes casos de flagrantes de festas com centenas de pessoas em Curitiba e no Oeste do Estado. “Em Curitiba, teve apartamento de alto luxo com festa com dupla sertaneja”, afirmou. “Vamos pegar muito pesado, a partir desse final de semana. Queremos que a população faça denúncia de festas clandestinas. É importante a participação da população”, pediu ele. “Nós vamos fazer mais campanha para que as pessoas denunciem. Porque às vezes a pessoa fica sabendo mas não conta para a polícia. A polícia não tem como adivinhar”.

A grande pergunta quanto a recursos ou escassez deles, e quanto dinheiro o governo Bolsonaro enviou ao Paraná no ano anterior, para o estado preparar-se evitando possível colapso, não foi realizada e o governador, não detalhou estes fatos. A CULPA É SOMENTE DAS BALADAS E FESTAS CLANDESTINAS???



Comentários