PARALISAÇÃO DA POLICIA CIVIL NESTA TARDE CHAMA ATENÇÃO PARA OS PROBLEMAS ENFRENTADOS PELOS PROFISSIONAIS DA SEGURANÇA



 A Polícia Civil do Paraná promoveu hoje  uma paralisação ao longo desta tarde de  desta segunda-feira (03), em todo o estado. 

Os agentes estão em frente às delegacias, com faixas e panfletos, para informar a população sobre os problemas enfrentados pelos servidores. 

Segundo o sindicato da categoria, diversos agentes estão afastados com Covid-19.

REIVINDICAÇÕES

De acordo com o presidente do SINCLAPOL, Kamil Salmen, esta é a segunda paralisação. 

A finalidade é conscientizar a população das condições precárias da Polícia Civil do Paraná. “Policial sozinho atende telefone, faz investigação, vai até o local do crime, leva intimação, dá comida para os presos, leva preso ao dentista e para o médico. Já tivemos caso de policial civil morrendo sozinho no plantão à noite”.

Ainda conforme o presidente do sindicato, a sobrecarga de trabalho e as condições precárias têm causado problemas psicológicos entre os profissionais. E desse modo, aumento dos casos de suicídio. Além disso, ele afirmou que as delegacias estão abertas na pandemia, e muitos policiais civis se contaminaram. “Temos policiais nas UTI’s, policiais morrendo de covis-19”.

 Salmen lembrou da precariedade enfrentada pelos policiais e  defasagem salarial.

 “As viaturas estão caindo aos pedaços, e os salários estão defasados. Assim, os policiais não recebem reajuste salarial desde 2016.”



Comentários