DEPUTADOS INTENSIFICAM FISCALIZAÇÃO NOS DESVIOS E FRAUDES NA VACINAÇÃO E RECURSOS DA COVID19 NO PARANÁ

 


Em reunião , os deputados que integram a Comissão Especial criada na Assembleia Legislativa para apurar possíveis irregularidades na ordem de vacinação contra a Covid-19 no Estado realizaram uma diligência na cidade de Apucarana. No município, os parlamentares apuram o caso de uma suposta enfermeira acusada de oferecer e vender doses da vacina contra a Covid-19. A mulher, que foi presa a pedido do Ministério Público, prestou depoimentos aos parlamentares.

Durante a oitiva, a suspeita afirmou que os frascos achados em sua residência tinham duas origens: um deles era da vacina que ela própria tomou; o outro, seria destinado a vacinar uma família de conhecidos com negócios em Apucarana. Ela negou, no entanto, que tenha comercializado ou oferecido mais doses para outras pessoas.

Sobre o fato de estar trabalhando voluntariamente como enfermeira sem formação, ela disse que jamais foi questionada no posto em que prestava serviços sobre isso. De acordo com o MP, ela foi admitida sem qualquer cuidado, já que não tem formação na área.

DEPUTADOS ESTÃO DE OLHO AGORA NOS RECURSOS RECEBIDOS POR PREFEITURAS

ALGUMAS PREFEITURAS  RECEBERAM MILHÕES E NÃO APRESENTARAM ESPAÇOS DESTINADOS A HOSPITAIS DE CAMPANHA E MESMO ASSIM O DINHEIRO FOI GASTO: COMO PERGUNTAM OS DEPUTADOS QUE MIRAM PREFEITOS DO PARANÁ!!!


Comentários