PINHÃO RADICALIZA E NEM SUPERMERCADOS SERÃO ABERTOS - DEFINE NOVO DECRETO DO PREFEITO

 


O prefeito de Pinhão José Vitorino Prestes assinou novo decreto com mais medidas restritivas na cidade . O decreto fecha o comércio entre meia-noite de sexta (5) e 5h de segunda (8), com as novas determinações até  os supermercados serão fechados .

De acordo com as informações da prefeitura, devido ao excesso de atendimentos na Unidade de saúde Sentinela, a administração da cidade optou pela “suspensão do funcionamento dos estabelecimentos comerciais, serviços e atividades não essenciais em toda a extensão do município de Pinhão, como medida de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, decorrente da pandemia do Coronavírus”.

Além disso, o decreto do prefeito cita multa de R$ 300 para quem descumprir as determinações do toque de recolher entre as 20h e às 5h. No documento com 20 atividades consideradas essenciais, não aparecem os supermercados.

Segundo o novo decreto de Vitorino “É vedada a abertura de estabelecimentos comerciais de gêneros alimentícios e congêneres, tais como: supermercados, mercados, mercearias, açougues, padarias, panificadoras e distribuidoras de bebidas, durante o período determinado”.

A fiscalização deverá ser intensificada e o decreto pode ter prorrogação.


Comentários