Fraudes e falsificação na mira do GAECO NESTA SEXTA

 


O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Paraná cumpre nesta sexta-feira, 26 de março, nove mandados de prisão preventiva no âmbito da Operação Taregas, que investiga a atuação de organização criminosa em fraudes tributárias, falsidade ideológica e uso de documentos falsificados.

Comentários