Diretor de Gestão da Sesa-PR afirma que as medidas restritivas devem continuar. – Contaminação está muito alta

 


A tendência é que o lockdown no Paraná, que terminará na próxima segunda-feira (8) às 5h, seja prorrogado por mais uma semana, com restrição aos serviços não essenciais e suspensão das atividades escolares de forma presencial. Afirmou , nesta quinta-feira, o diretor de Gestão em Saúde da Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa-PR), Vinicius Filipak, segundo ele os números seguem em crescimento e que, com isso, as medidas restritivas devem continuar.

Pela evolução dos números fica claro que a taxa de crescimento está em alta. A fila de espera só cresce e acreditamos que as medidas serão prorrogadas”, afirmou Filipak, que atualizou os números na fila de espera nesta quinta-feira (4). “Hoje são 811 pacientes esperando por um leito no Paraná, sendo 336 por de UTI e não há possibilidade de expansão de rede. A situação é a cada dia pior e há crescimento diário da lista de espera, porque a contaminação continua em alta”, reforçou.

Comentários