Bolsonaro recusa proposta de governadores para ‘fechar’ o país

 

Na manhã de ontem  segunda-feira (8), os governadores se reuniram no Rio de Janeiro com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e representantes da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Uma das pautas, é a discussão de um pacto nacional para fechar o Brasil, segundo eles o pior momento da pandemia de Covid-19 no país.

Os chefes de executivos estaduais defendem medidas de restrição de circulação em todas essas unidades da Federação até o próximo domingo (14), com a proibição geral de eventos que possam gerar aglomeração. A ação é encabeçada pelo o coordenador da estratégia para vacina contra covid-19 no Fórum Nacional dos Governadores, Wellington Dias do (PT).

Outro pedido destes governadores liderados pelo PT é maior agilidade no Plano Nacional de Imunização contra o novo coronavírus para tentar reduzir as infecções. 

No entanto, o presidente Jair Bolsonaro recusou a possibilidade de aderir ao pacto e disse que não vai decretar lockdown no Brasil.

Alguns querem que eu decrete lockdown. Não vou decretar”, afirmou.


Comentários