BOM EXEMPLO : Professora brasileira está na final do “Nobel da Educação”

 


professora brasileira Doani Emanuela Bertan foi para a final do Global Teacher Prize 2020.

Ela está entre os 10 finalistas da premiação – considerada o “Nobel da Educação” – promovida pela Varkey Foundation em parceria com a Unesco e homenageia educadores de vários lugares do planeta por projetos e ideias inovadoras.

Doani foi selecionada entre 12 mil inscritos, de mais de 140 países. Ela é professora de ensino bilíngue em libras e português na Escola Municipal Júlio Mesquita Filho, em Campinas, no interior de São Paulo.

O anúncio de nove, do dez finalistas, foi feito nesta quarta-feira, 4. O vencedor do Global Teatcher Prize 2020 será divulgado no dia 3 de dezembro e ganhará US$ 1 milhão em bonificação.

Última vaga

A última vaga dos 10 finalistas deve ser divulgada na semana que vem.

Outros dois professores brasileiros concorrem a ela:

Francisco Celso Freitas, professor do sistema socioeducativo do Distrito Federal e Lília Melo, que dá aulas na periferia de Belém do Pará.

Doani

A professora Doani ficou emocionada ao receber a notícia de que está no Top 10.

Essa classificação faz todos olharem para a educação de surdos e dizer sim, os surdos são capazes, e nós professoras também somos capazes, a educação pública é capaz. Temos problemas, mas também temos muitas coisas boas. Estou super feliz e emocionada”, disse em entrevista ao ACidade ON Campinas.

Ela se destacou com o projeto Sala8, um canal do Youtube onde divulga vídeoaulas em libras e língua portuguesa das disciplinas de matemática, português, geografia e ciências.

Todas as aulas são ministradas por Doani para que alunos surdos tenham acesso à educação básica


 

Comentários