Guarapuava- Jovem violenta e de menor agride atendente social e ofende policiais

 


Uma jovem de 16 anos aprontou todas na casa lar , e ainda  agrediu atendente social e ofendeu  os policiais militares! Aproveitando - se da idade para esconder- se neste muro que "a protege" de maiores sanções legais e ação policial - Acompanhe com detalhes o relato oficial da PM.


Por volta das 12h35min do dia 12 de outubro de 2020, uma equipe deslocou até a Rua Reseda, Batel, no local em contato com a senhora, 31 anos, a qual é atendente social da casa lar, passou a relatar que após uma discussão com uma acolhida, foi agredida pela adolescente, 16 anos, sendo que das agressões resultaram algumas pequenas escoriações aparente pelo corpo, também foi apresentado para equipe um chumaço de cabelo que teria sido retirado da vítima, fato esse confirmado pela testemunha, 39 anos. Durante o contato com a vitima e testemunhas, a adolescente se fez presente no mesmo ambiente, quando a todo momento tentava impedir que fosse relatado a situação gritando e tentando impedir a comunicação, quando a equipe policial tentou por diversas vezes orientar a adolescente, pedido esse que não foi aceito inclusive ela passou a confrontar os policiais dizendo: "vocês não podem encostar um dedo em mim, quero ver vocês me obrigarem a sair daqui, vocês são opressores que oprimem quem é preto e tem tatuagem" diante da situação e com o estado de agressividade da adolescente, qual chegou a investir contra a equipe foi necessário uso de força para contê-la. Diante da situação foi conduzido até a 14ª SDP as partes envolvidas juntamente com a testemunha e a diretora das unidades de acolhimento no município, sendo que acompanhou a adolescente como responsável legal.

Comentários