sexta-feira, 31 de julho de 2020

Paraná confirma mais 2.605 casos da covid-19, esse é o maior registro de diagnósticos entre um boletim e outro


O Paraná registrou o maior número de casos da covid-19 entre um boletim e outro. O Estado confirmou nesta sexta-feira (31) mais 2.605 diagnósticos positivos, além de 59 mortes em decorrência da doença. De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, o Paraná acumula 75.300 casos e 1.899 mortes.

O Estado segue com 75% das UTI’s adulto do SUS exclusivas para o coronavírus ocupadas. No total, 1.273 pacientes, com diagnóstico confirmado, estão internados, 984 pacientes estão em leitos SUS (430 em UTI e 554 em leitos clínicos/enfermaria) e 289 em leitos da rede particular (110 em UTI e 179 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 940 pacientes internados, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos. Das 59 vítimas, 26 eram mulheres e 33 eram homens, com idades que variam de 25 a 95 anos. Todos os pacientes estavam internados. As mortes ocorreram entre os dias 7 de junho a 31 de julho.

Curitiba foi a cidade que mais registrou mortes, com 27 novas vítimas, seguida de Cascavel e Pinhais, com mais 3 mortes em cada município.

Das mais de 75 mil pessoas que foram infectadas pela covid-19, 40.326 já estão recuperadas, liberadas do tratamento. Além disso, 12.736 paranaenses aguardam o resultado dos exames e 203.186 fazem parte dos casos descartados, que testaram negativo para a doença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE A VONTADE: Sem ofensas pessoais ou profissionais - ou não serão publicados, podendo ser editados.
Grato!

A MATÉRIA EM DESTAQUE

Augusto Nunes detona Gilmar Mendes : “Não é juiz. É uma piada, um empresário”

   O jornalista e comentarista político Augusto Nunes, questionou nesta terça-feira (11), sobre a capacidade do ministro Gilmar Mendes, jul...