quarta-feira, 31 de julho de 2019

Guarapuava: Psiquiatra vai às escolas falar com jovens sobre suicídio





Com um projeto piloto que deve ser executado a partir de amanhã  quinta-feira, 1 de agosto, o médico psiquiatra de Guarapuava Cleber Ferreira pretende, de forma voluntária, proferir palestras nas escolas da rede pública de ensino do município sobre depressão e suicídio. O objetivo é falar para o maior número possível de jovens e adolescentes sobre estes temas, com foco na prevenção.

“O tema é muito atual e a discussão urgente. Precisamos informar e esclarecer para que os jovens fiquem atentos e saibam identificar sinais de depressão no seu colega ou em algum familiar, por exemplo, e assim possam ajudar indicando ou buscando ajuda médica”, destacou Dr Cleber.
Dados demonstram um aumento de casos de suicídio no Brasil de 10,4% em adultos e 30% em jovens, com a alarmante média de 30 mortes por dia no país. É a segunda causa de morte entre adolescentes.
Dr Cleber explica que é preciso discutir o tema na base, como o ambiente escolar, para facilitar um diagnóstico de quadro depressivo e o devido tratamento, evitando assim as atitudes extremas de suicídio. “Eu entendi isso através do meu trabalho voluntário no hospital São Vicente atendendo jovens que tentaram o suicídio. Se a depressão não for tratada a pessoa poderá tentar tirar a própria vida em algum momento”, completou. “E em conversa com as minhas filhas, Maria Eugênia e Gabriela, elas me perguntaram por que eu não iria tratar o tema com os jovens nas escolas. Acho a ideia muito boa e vou me dedicar para que dê certo”, contou o psiquiatra.
A palestra do projeto piloto será ministrada no colégio estadual Francisco Carneiro Martins nesta quinta-feira, a partir das 13h30. Inicialmente, cerca de 100 alunos deverão participar, além de convidados da sociedade civil organizada, como Presidência da OAB e Chefia do Núcleo Regional de Educação.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA