segunda-feira, 10 de junho de 2019

Aprovado na AL - Dia Estadual de Combate ao Feminicídio será dia 22 de julho, data da morte da advogada Tatiane Spitzner


Dia Estadual de Combate ao Feminicídio APROVADO NA AL


Feminicídio – Aprovado hoje em segundo turno de votação projeto de lei nº 92/2019, que institui o Dia Estadual de Combate ao Feminicídio. A proposta, assinada pela deputada de Guarapuava Cristina Silvestri (PPS), tem como objetivo promover, principalmente nas instituições que compõem a rede estadual de ensino, debates, seminário e palestras sobre o tema.

O texto também inclui a data no Calendário Oficial de Eventos do Estado do Paraná. “Queremos garantir um dia de luta em que a sociedade e as instâncias públicas possam se reunir em torno de ações, de conferências de políticas de combate ao feminicídio”, ressalta a deputada.
De acordo com o projeto, a data escolhida para a realização anual do Dia Estadual de Combate ao Feminicídio é o dia 22 de julho, data da morte da advogada Tatiane Spitzner, ocorrida em Guarapuava em 2018. “Sabemos que todos os casos são importantes, mas decidimos escolher esta data como um marco que deveria nem existir, mas que não pode ser esquecido”, afirma Cristina.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA