segunda-feira, 24 de junho de 2019

11 trabalhos da região de Guarapuava são indicados ao Prêmio Melhores TCCs do Crea-PR

Guarapuava ficou em quarto lugar no Paraná entre as que mais indicaram trabalhos

O Crea-PR (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná) divulgou, nesta semana, o resultado dos trabalhos indicados por instituições de ensino de todo o Estado para concorrer ao Prêmio Melhores TCCs. A premiação é uma realização do Crea-PR, com o apoio do CIE (Colégio de Instituições de Ensino) e do CDER (Colégio de Entidades de Classe), que, juntos, estabelecem critérios para a indicação, eleição e divulgação dos melhores trabalhos apresentados em cursos ofertados por IES (Instituições de Ensino Superior) no estado do Paraná, afetos ao Sistema Confea/Crea.
Nesta edição, ao todo, 99 trabalhos foram indicados. A regional de Guarapuava foi o destaque:



Regional Guarapuava: 11
Regional Maringá: 28
Regional Curitiba: 21
Regional Cascavel: 15
Regional Pato Branco: 10
Regional Ponta Grossa: 8
Regional Londrina: 6

Para o Gerente da Regional de Guarapuava do Crea-PR, Thyago Giroldo Nalim, com este Prêmio, o Conselho valoriza o conhecimento científico e aproxima a academia do mercado de trabalho. “O Prêmio divulga as boas práticas das pesquisas geradas dentro das universidades pelos acadêmicos. Indicando esses trabalhos, os coordenadores de curso reconhecem e estimulam os alunos, principalmente no que se refere a projetos que tenham uma viabilidade técnica plausível, aplicabilidade. Com essa competição saudável, os acadêmicos desenvolvem uma cultura de pesquisa e extensão, compartilhando conhecimento com a categoria profissional e a sociedade”, afirma.
Em nível estadual, a modalidade com o maior número de trabalho indicados é a Civil (45), seguida da Mecânica e Metalúrgica (21), Agronomia (13), Elétrica (13), Agrimensura (5) e Geologia e Minas (2). Na região de Guarapuava, os trabalhos indicados são das seguintes modalidades: Civil (4), Elétrica (2), Agronomia (2), Agrimensura (2) e Mecânica e Metalúrgica (1).
A Faculdade Guarapuava indicou dois trabalhos na modalidade Elétrica, e dois na Civil. Para o coordenador do curso de Engenharia Elétrica, Edson Luiz Schultz, os TCCs foram escolhidos com critérios técnicos, focados nos temas “eficiência energética” e “internet das coisas - IoT”.  “Esses são temas atuais na área de Engenharia Elétrica, ou seja, para uma formação plena nessa área devemos buscar incessantemente a redução no consumo de energia elétrica, mas na outra ponta existe a necessidade de desenvolver produtos com tecnologia inovadora, com foco em produtos não existentes e com conectividade pela internet, que é uma tendência mundial", avalia.
A Unicentro (Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná) indicou dois trabalhos na modalidade de Agronomia e dois na Agrimensura. Para o vice-chefe do Departamento de Geografia, Glauco Nonose Negrão, desde o ano de 2017 o curso vem premiando TCCs na categoria Agrimensura, com pesquisas focadas na aplicabilidade das atividades práticas conforme atribuição profissional e potencial de inovação técnica. “A formação do bacharel em Geografia deve ser técnica, dinâmica e multidisciplinar, não podendo ser descontextualizada de aspectos sociais e econômicos. Além disso, este Prêmio é importante fonte de divulgação e interação entre a Universidade, mercado de trabalho e sociedade, além de proporcionar a difusão da produção acadêmica aos demais profissionais afetos ao Sistema Confea\Crea”, destaca.
De acordo com o regulamento e edital específicos, a próxima etapa compreenderá as indicações dos melhores TCCs (por modalidade) pelo CDER e Colégio de Inspetores, em nível regional e estadual, o que deverá ocorrer até o próximo dia 28 de junho. O regulamento do Prêmio pode ser acessado no link: https://portaldaeducacao.crea-pr.org.br/arquivos/2019/03/Regulamento-TCCs-rev01-aprovado.pdf.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA