sábado, 29 de setembro de 2018

Lewandowski autoriza Lula a dar entrevistas


O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou ex-presidente Lula a conceder entrevistas da carceragem da Polícia Federal (PF). Lula está preso em Curitiba, desde o dia 7 de abril.
A decisão veio depois que a jornalista Mônica Bergamo (Folha de S.Paulo) e o jornalista Florestan Fernandes contestaram junto ao STF a decisão da juíza Carolina Moura Lebbos,12ª Vara Federal de Curitiba, que, em agosto, havia negado o acesso da imprensa a Lula.
Segundo a Agência Brasil, Lewandowski entendeu que a decisão da juíza seria uma censura prévia ao trabalho da imprensa, o que viola decisão do próprio Supremo, que na ação de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) 130 vetou qualquer tipo de censura prévia.


“Dessa forma, não há como se chegar a outra conclusão, senão a de que a decisão reclamada, ao censurar a imprensa e negar ao preso o direito de contato com o mundo exterior, sob o fundamento de que ‘não há previsão constitucional ou legal que embase direito do preso à concessão de entrevistas ou similares’, viola frontalmente o que foi decidido na ADPF 130”, escreveu Lewandowski.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA