quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Hospital Regional, em Guarapuava, terá o nome de Bernardo Carli e espaço Bernardo é aprovado na ALEP

Bernardo era um dos deputados mais atuantes do Paraná e  Foi membro de várias comissões técnicas permanentes da ALEP

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep)  aprovou, em sessão realizada nessa terça feira (21), em primeiro turno de votação, o Projeto de Lei nº 416/2018, que denomina de Hospital Regional Deputado Bernardo Ribas Carli o Hospital Regional do Centro-Oeste, em Guarapuava. Antes da sessão, o projeto, de autoria de 53 deputados, teve parecer favorável do relator aprovado por unanimidade na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).
Bernardo era um dos deputados mais atuantes do Paraná
e  foi membro de várias comissões técnicas permanentes da ALEP – incluindo a CCJ
– e mostrou interesse em diversos segmentos da vida pública. Vários projetos de sua autoria tornaram-se leis estaduais.
O deputado, não media esforços para fortalecer Guarapuava, sua região,  e principalmente o interior do estado, por isso buscava com afinco  a criação do programa Paraná Igual, que tinha como objetivo a atração de investimentos industriais em municípios e regiões de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), a fim de reduzir os desequilíbrios regionais.
O deputado era um apaixonado pelo fortalecimento da saúde aos mais necessitados, e tinha como proposta desde sua primeira gestão como homem público ,constanto em suas propostas de campanha antes de seu primeiro mandato  a construção do Hospital Regional do Centro-Oeste, que se tornou o que sonhaa antes mesmo de ser politico, a  maior obra pública em edificação no Paraná. O hospital terá 16 mil metros quadrados de área construída, com 150 leitos (dos quais 40 de UTI), e vai beneficiar uma população de cerca de 400 mil moradores da região de Guarapuava.
ESPAÇO BERNARDO CARLI
Também na sessão dessa terça (21), a ALEP aprovou, em primeira votação, o projeto de resolução 16/2018, que denomina de Espaço Deputado Bernardo Ribas Carli o hall de acesso às salas da Mesa Executiva, localizado no segundo andar do Palácio Dezenove de Dezembro, na sede da Alep. O projeto é da autoria também de 53 deputados.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA