sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Beto e Ratinho juntos com o mesmo coordenador em Guarapuava





Em entrevista ao Lobo Notícias na metade de agosto, o prefeito de Guarapuava, Cesar Filho, anunciou que seria o coordenador regional da campanha do ex – governador Beto Richa hoje candidato ao senado na região. 
Cesar,  explicou os detalhes deste trabalho político que está desenvolvendo para Richa em vídeo matéria.
Agora,  o prefeito é anunciado na liderança da campanha de Ratinho Júnior, que vem tentando descolar sua imagem de Beto, pregando ser o novo! Mas em Guarapuava, ambos parecem estar juntinhos. 
O anuncio do comando de César  aconteceu durante jantar, em Curitiba, com 50 dos 212 prefeitos paranaenses que já declararam apoio ao candidato. Cesar Filho coordenará sete municípios.
A mãe de César,  candidata a Deputada estadual ,  a senhora Cristina, jura de pé junto que está com a governadora e também candidata Cida.
Só faltam acharem alguém da família para representar o João Arruda candidato do MDB ao governo.
 Invertendo a redemocratização: “Si hay gobiernosoy a favor””
Tudo por Guarapuava....

MORTES EM GUARAPUAVA - SEXTA - FEIRA


ELOINA  GONÇALVES DOS SANTOS  66 anos 
Velório: Capela Mortuária Municipal Batel
Sepultamento:  31/08/18 às 10h 
Cemitério: Municipal Santa Terezinha.

LEONOR ANTUNES DOMINGUES  81 anos 
Velório: Capela Mortuária Particular Santa Cruz 
Sepultamento:  31/08/18 às 17h 
Cemitério: do Distrito do Guará.

MARIA DO CARMO MIRANDA DE JESUS  81 anos 
Velório: Capela Mortuária Municipal Batel
Sepultamento:  31/08/18 às 10h 
Cemitério: Municipal  Jardim da Paz.

MERON PRESTUPA   79 anos 
Velório: Vila Carli 
Sepultamento: 31/08/2018 às 10h
Cemitério: Municipal Boqueirão

OSMAR SILVEIRA CARDOSO  59 ANOS 
Velório: Capela Mortuária Pax Cristo Rei 
Sepultamento: 31/08/2018 às 13h
Cemitério: Municipal Santo Antonio.

ROSA RIBEIRO DA LUZ   77 anos 
Velório: Bairro Boqueirão 
Sepultamento:31/08/2018 às 09h
Cemitério:  Municipal Santo Antonio.

VANDA BELINSKI CURILLO  77anos
Sepultamento: 31/08/2018 
Município de Virmond-Pr

terça-feira, 28 de agosto de 2018

AS VAGAS DE EMPREGO PARA GUARAPUAVA- TERÇA - FEIRA


Atenção! Sua vaga pode estar entre as   ofertadas pela  Agência do Trabalhador de Guarapuava  nesta terça -  feira .  Confira a lista
Açougueiro
Com experiência
Atendente de balcão
Com experiência
Auxiliar contábil
Com experiência
Banhista de animais
Com experiência
Costureira
Com experiência ou curso
Cozinheira geral
Com experiência
Desenhista projetista
Com experiência
Detetizador
Com experiência
Eletricista de manutenção industrial
Com experiência curso NR 10
Empregada doméstica
Com experiência para Curitiba
Farmacêutico
Sem experiência e formado na área.
Fonoaudiólogo
Com experiência
Latoeiro
Com experiência
Lavador de veículos
Com experiência
Manipulador de laborário
Com experiência
Mecânico eletricista de autos
Com experiência
Mecânico Industrial

Com experiência
Mecânico soldador
Com experiência para Imbituva
Montador de móveis
Com experiência
Montorista de caminhão guincho

Estimativa para o PIB de 2018 cai, aponta Boletim Focus


A projeção para o Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todos os bens produzidos no país - em 2018 caiu. Quem apresenta o dado é o Boletim Focus, elaborado pelo Banco Central. De acordo com o estudo, o número caiu na última semana de 1,49% para 1,47%. O boletim foi divulgado nesta segunda-feira (27).
O especialista em finanças Marcos Melo afirma que os resultados apresentados estão coerentes com outros indicativos ligados à economia e dá um panorama do que eles representam sobre a atual situação da economia no Brasil.
“Na verdade, eles estão refletindo não propriamente uma expectativa de deterioração da economia brasileira, mas na verdade, sobre uma falta de percepção sobre o que pode acontecer no futuro. Não é tanto uma expectativa de que as coisas vão piorar, mas é uma indefinição, principalmente por conta das eleições."
Já as estimativas para a inflação, medidas no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), tiveram uma elevação. Segundo o boletim, a previsão para este ano chegou aos 4,17%. Para 2019, o resultado também subiu: de 4,10% para 4,12%.
Nos dois casos, as estimativas estão abaixo da meta estabelecida pelo BC, que é de 4,5% ao ano.

Estudo aponta que 29% dos brasileiros são analfabetos funcionais



Segundo EduQC, 35% dos cadastrados na plataforma possuem nível de português entre rudimentar e elementar. Para sanar o problema, oferece curso gratuito

São Paulo, agosto de 2018 – Interpretar textos e entender ou expressar-se por meio de letras e números em situações cotidianas é uma grande dificuldade na vida de muitos brasileiros. Segundo conclusão do Indicador do Alfabetismo Funcional (Inaf) 2018, 29% (cerca de 38 milhões de pessoas) da população em território nacional é analfabeta funcional. Diante do problema, a EduQC, metodologia de estudo autodidata com base em inteligência artificial, oferece curso gratuito para medir e melhorar o nível de português.

Engana-se quem acha que essa dificuldade não atinge também quem é formado no ensino superior. De acordo com a EduQC, 35% dos cadastrados na plataforma - pessoas que estudam para concursos públicos jurídicos, fiscais, tributários, etc - possuem um nível de português entre rudimentar e elementar, o que é inaceitável para estudar os assuntos relacionados ao edital.

A plataforma aponta, ainda, que um em cada três candidatos a concursos públicos deveria estudar apenas português. Além de ser a disciplina mais importante dos conhecimentos básicos, o domínio da língua influencia como a pessoa aprende as demais disciplinas, a forma como interpreta questões e escreve discursivas.

Para solucionar esse problema, a plataforma criou um curso voltado só para a melhoria do nível de português das pessoas. "Vendo que essa dificuldade atinge um número expressivo de pessoas em todo o Brasil, decidimos criar um curso, totalmente gratuito, só de português. Qualquer pessoa, que tenha acesso à internet, pode cadastrar-se na EduQC e melhorar seu entendimento e utilização das palavras", explica Victor Maia, CEO da startup.

Por meio do curso, em algumas semanas já é possível medir um bom nível do aumento de aprendizado. Os alunos recebem todas as instruções do que é preciso estudar, de quanto tempo precisa dedicar-se (de acordo com sua rotina) e por meio de simulados constantes consegue enxergar essa evolução. "Ao iniciar os estudos com um escopo reduzido e aumentá-lo progressivamente, de acordo com o avanço, é esperado que o aluno evolua mais rapidamente", explica Victor Maia.
A EduQC atende as áreas administrativa, bancária, contabilidade, controle, diplomacia, engenharia civil, exame da OAB, fiscal, jurídica, legislativa, policial, tributária e T.I. Para cadastrar-se para esses planos e para o curso de português basta acessar o site maquinadeaprovacao.com.br.


Sobre EduQC
Fundado em 2013 por Victor Maia e Jonas Fagundes, a EduQC é uma plataforma que utiliza inteligência artificial e metodologia exclusiva para aumentar as chances de aprovação em concursos públicos, identificando a proficiência dos candidatos em cada matéria e criando planos de estudo sob medida. A tecnologia está disponível para provas relacionadas a 10 áreas, incluindo Fiscal, Jurídica e Policial, e também para o Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A empresa ainda oferece um serviço B2B destinado a universidades.



GUARAPUAVA- AS MORTES REGISTRADAS PELA TRIAGEM - TERÇA-FEIRA


JOSÉ ADENILSON RIBEIRO  40 anos 
Velório: Capela Mortuária Municipal Batel   
Sepultamento: 28/08/2018   ás 10h
Cemitério: Municipal Jardim da Paz.

LAUDELINA CORDEIRO DE MELO  104 anos 
Velório: Bairro Cascavel   
Sepultamento: 28/08/2018  às 09:30h
Cemitério: Municipal Santa Terezinha.

VALDOMIRO ZALUSKI   68 anos 
Velório: Capela Mortuária Municipal Batel   
Sepultamento: 28/08/2018  às 10h
Cemitério: Municipal Santa Terezinha.

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

GUARAPUAVA: MUDANÇA DE HORÁRIOS DAS SESSÕES DA CM NÃO FOI A PEDIDO DE VEREADORES CANDIDATOS

OS DOIS VEREADORES QUE SÃO CANDIDATOS NA CÂMARA MUNICIPAL DE GUARAPUAVA ( GUTO DEPUTADO ESTADUAL E JURASIK FEDERAL) GARANTEM QUE AS MUDANÇAS EM HORÁRIO DAS SESSÕES E DA CÂMARA QUE PASSAM A FUNCIONAR ATÉ AS 14 HORAS , NÃO FOI A PEDIDO DOS MESMOS! ENTENDA A SITUAÇÃO E MUDANÇA! MATÉRIA LOBO NOTICIAS, VIDEOS

GUARAPUAVA: VEREADOR JURASKI SE LICENCIA DA CM PARA DEDICAR-SE A CAMPANHA

NA PRIMEIRA SESSÃO QUE ACONTECEU DURANTE A MANHÃ NA CÂMARA DE VEREADORES, COM NOVO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO, UMA DAS NOVIDADES FOI O VEREADOR LUIS JURASKI QUE VAI AFASTAR -SE DA CM! O LEGISLADOR   FEZ O PEDIDO DE LICENCIAMENTO NA CM PARA CONCORRER A UMA VAGA EM BRASILIA! O VEREADOR PRETENDE SER DEPUTADO FEDERAL PARA REPRESENTAR A CIDADE!

DOADOR DE ÓRGÃOS PODE FICAR ISENTO DE TAXAS FUNERÁRIAS EM GUARAPUAVA ATRAVÉS DE PROJETO DE GILSON DA AMBULÂNCIA

Um projeto que pretende impulsionar a doação de órgãos no município,  foi apresentado hoje e aprovado em primeiro turno de votações por 13 votos favoráveis na Câmara Municipal de Guarapuava. Vídeo Matéria Lobo Noticias!

GUARAPUAVA: FIQUE BEM INFORMADO A UM CLIQUE

Mais de 500 famílias foram afetadas por chuvas em Turvo

Aposentados começam a receber grana do 13°

Guarapuava e região perderam empregos no mês de julho

Fundo financia 20% da safra de grãos

Dez guarapuavanos conquistaram vagas no Campeonato Brasileiro de Judô

INSS libera grana atrasada para 74 mil
                           clique e fique por dentro!!!

RATINHO JUNIOR SE REÚNE COM COOPERADOS DA COAMO E APRESENTA PROPOSTAS PARA O AGRONEGÓCIO PARANAENSE


Nesta semana o candidato ao governo do Paraná, Ratinho Junior (PSD), visitou Campo Mourão, onde se reuniu com associados da COAMO, cooperativa agroindustrial que conta com mais de 28 mil cooperados dos estados do Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul e responde por uma parte importante da produção brasileira de grãos. No encontro, Ratinho destacou a importância do agronegócio para a economia do estado e apresentou as propostas do plano de governo para desenvolver a política de apoio à agroindustrialização paranaense. “O Paraná é o segundo maior produtor de grãos do Brasil e a maior parte dessa produção vem das cooperativas, que são responsáveis pelo processamento de 60% dos mais de 40 milhões de toneladas produzidas ao ano. Podemos ampliar estes números, com inovação tecnológica, incentivo à capacitação e investimentos em pesquisa e inovação”, declarou Ratinho. O projeto para desenvolvimento da agricultura proposto no plano de governo de Ratinho Junior tem como foco ações para incentivar a competitividade, os pequenos produtores e aqueles em processo de exclusão, além de ações de apoio institucional e apoio estratégico ao meio rural e à agropecuária. “Queremos trabalhar para valorizar o produtor rural, colaborando para a melhoria da renda e qualidade de vida das famílias que vivem da agricultura. O Paraná tem potencial para liderar a produção nacional. O nosso governo vai trabalhar de forma integrada com o setor para conquistar esse título”, garantiu Ratinho.

MP-PR nega suspensão do processo que investiga a morte de Tatiane Spitzner


A juíza Paola Gonçalves Mancini, da 2ª Vara Criminal de Guarapuava, negou o pedido de suspensão do processo que investiga a morte de Tatiane Spitzner. O requerimento havia sido formulado pela defesa de Luis Felipe Manvailer, acusado de matar a sua esposa; ele responde pelos crimes de homicídio qualificado, cárcere privado e fraude processual.
Em sua decisão, a juíza afirma que a acusação é "precisa, coerente e certa, especificando os fatos imputados ao réu e possibilitando o perfeito exercício da ampla defesa, eis que a inicial acusatória é bem clara ao imputar a Luis Felipe a prática de agressões físicas e arremesso da vítima da sacada do apartamento".
No pedido de suspensão, os advogados de Manvailer haviam alegado que a denúncia era incerta sobre a causa da morte da vítima, o que dificultava a delimitação da tese de defesa.
A juíza ainda ressalta que a acusação é clara ao definir que a Tatiane morreu devido aos ferimentos causados pela queda, e também sofreu asfixia. “[...]  a denúncia imputa ao denunciado duas condutas que teriam, em tese, sido praticadas por este, sem que uma exclua a outra”, argumenta.
Os advogados de Manvailer possuem mais dez dias para apresentar a defesa preliminar.
OUTRO LADO
A defesa técnica de Luis Felipe Manvailer afirmou que a manifestação do Ministério Público sobre o pedido de suspensão foi tardia. Em nota oficial, ainda questiona o argumento de que a queda e a asfixia foram as causas da morte de Tatiane Spitzner, argumentando que isso seria “impossível”.

MORTES REGISTRADAS EM GUARAPUAVA


Via Central de Triagem 
NILSON  MARCELO MARQUES DOS SANTOS  40 anos 
Velório: Capela Mortuária Municipal Batel 
Sepultamento: 26/08/2018  às 17h
Cemitério: Municipal Santa Terezinha.

ALBERTO DE OLIVEIRA   82 anos Velório:
Capela Mortuária Pax Cristo Rei 
Sepultamento: 27/08/2018  às 16h
Cemitério: Municipal Santo Antonio.

ANTONIO VILMAR ASSUNÇÃO   45 anos
Velório: Associação de Bairros Rouxinol  
Sepultamento: 27/08/208  às 09h  
Cemitério: Localidade Rio da Pedras 

OSMAR FRANCISCO DE OLIVEIRA   60 anos 
Velório: Capela Mortuária  Municipal Batel   
Sepultamento: 27/08/2018  às 10h
Cemitério: Parque dos Eucaliptos.

ELIDIA DENEGA SEKULA   74anos 
Velório: Capela Mortuária Municipal Batel   
Sepultamento: 27/08/2018  às 16h
Cemitério: Municipal Central.

SIDNEI GOMES DA SILVA   42 anos 
Sepultamento: 27/08/2018  
Município: Canta Galo - PR.

sábado, 25 de agosto de 2018

CANDIDATO A GOVERNADOR E PRINCIPAIS LIDERANÇAS DO MDB PARTICIPAM DE LANÇAMENTO DA CANDIDATURA DE GUARAPUAVANOS

O Candidato a governador pelo MDB João Arruda  e lideranças de peso do partido como o senador e candidato a reeleição Roberto Requião, estiveram em Guarapuava, apoiando o lançamento da Candidatura de João Niekars deputado Federal e candidatos guarapuavanos pela sigla na cidade!

Mounir Chaowiche visita Guarapuava e destaca o crescimento da cidade

O ex presidente da Sanepar no Paraná Mounir Chaowiche, visitou Guarapuava nesta Sexta-feira ! Em entrevista destacou o desenvolvimento da cidade a importância do saneamento e o fortalecimento de momentos especias da famílias em áreas de lazer como o Jardim Europeu.

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

GUARAPUAVA: TRÊS MORTES REGISTRADAS PELA TRIAGEM


AURORA BOGUSZEVSKI MARCONDES   11 mesês
Velório: Capela Mortuária Municipal Batel
Sepultamento: 24/08/2018 as 10h
Cemitério: Municipal Santa Terezinha. 

MARCOS ANTONIO GONÇALVES   40 anos
Velório: Associação de Bairros Conradinho   
Sepultamento: 24/08/2018  as 15h
Cemitério: Municipal Santo Antonio.

EDERSON JORGE CAPOTE   35 anos 
Sepultamento: 24/08/208 
Município de Pinhão - PR.

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Guarapuava: Celso Costa , Marcio Carneiro e Edony absolvidos


A segunda Vara Criminal de Guarapuava, absolveu dois atuais vereadores Celso Costa e Marcio Carneiro e o ex-vereador Edony Kluber e mais 10 servidores, acusados pelo Ministério Público de terem praticado crime de formação de quadrilha, com a utilização criminosa dos cargos públicos com finalidade “eleitoreira”. Na denúncia os réus atuavam junto aos órgãos da Administração Pública Municipal para distribuir, de maneira criminosa, benefícios aos cidadãos que os procuravam e se empenhavam fortemente para burlar as “filas de espera” do Sistema Único de Saúde (SUS), contando especialmente com o auxílio da então Diretora do CISGAP (Consórcio Intermunicipal de Saúde Guarapuava/Pinhão), que possibilitava o adiantamento indevido de consultas, exames e cirurgias para seus eleitores,

No despacho a juíza Paola Gonçalves Mancini, JULGA IMPROCEDENTE o pedido formulado pelo autor, Ministério Público do Estado do Paraná, e, por conseguinte, ABSOLVE os réus, ADRIANO DE LIMA, AMAURI OPUCHKEVITCH, CAROLINE MARCONDES DE LIMA, CELSO LARA DA COSTA, EDONY ANTONIO KLUBER, EDSON LUIS BORGES, EMERSON ROBERTO WENDLER, INGRID DAUTERMANN, LUCAN PEREIRA, MARCIA ANDREIA DE BRITO, MÁRCIO LUIS CARNEIRO DO NASCIMENTO, MÁRCIO LUIS PEREIRA, RAQUEL TAVARES DE ANDRADE CAMPOS, devidamente qualificado acima e na exordial, dos fatos que lhe foram imputados, o que faço com fundamento no inciso VII do art. 386 do Código de Processo Penal.

GUARAPUAVA AS PRINCIPAIS NOTICIAS EM DESTAQUE AGORA!


Ibope aponta Ratinho Junior com 33%; Cida Borghetti com 15%; e João Arruda com 5%
DEPUTADO BERNARDO CARLI RECEBE DUPLA HOMENAGEM COM VOTAÇÃO UNANINE NA ASSEMBELIA LEGISALTIVA

PROJETO SOCIAL E CORRIDA PARA ARRECADAÇÃO EM ENTRE RIOS

EXERCITO LANÇA LIVRO EM GUARAPUAVA

JESP – JOGOS MOVIMENTAM A CIDADE A PARTIR DO DIA 31

POLICIA FAZ GRANDE AÇÃO E APRENDE MUITA MACONHA NA CIDADE

Voto em trânsito: guarapuavanos têm até hoje (23) para indicar local de votação


GUARAPUAVA: AS VAGAS DE EMPREGO PARA HOJE QUINTA -FEIRA


Atenção! Sua vaga pode estar entre as   ofertadas pela  Agência do Trabalhador de Guarapuava  nesta quinta -  feira .  Confira a lista
Açougueiro
Com experiência
Auxiliar financeiro
Com experiência
Banhista de animais
Com experiência
Contador
Com experiência
Costureira
Com experiência ou curso
Cozinheira geral
Com experiência
Desenhista projetista
Com experiência
Detetizador
Com experiência
Eletricista de manutenção industrial
Com experiência curso NR 10
Empregada domestica
Com experiência para Curitiba
Farmacêutico
Sem experiência e formado na área

INDICADORES: Preço do café sobe, nesta quinta-feira (23)


A saca de 60 quilos do café arábica começou a quinta-feira (23) com alta de 0,03% no preço e é vendida a R$ 408,15 na cidade de São Paulo. O café robusta também teve elevação no preço. O avanço foi de 0,65% e a saca é comercializada a R$ 320,05 para retirada no Espírito Santo.
O açúcar cristal apresentou alta de 1,65% e o preço de venda do produto é R$ 51 em São Paulo. Já em Santos, no litoral paulista, o valor da saca de 50 quilos, sem impostos, aumentou 2,08% e é comercializada a R$ 53,04.

Duas obras emergenciais afetam abastecimento em bairros de Guarapuava



A Sanepar comunica que está executa conserto emergencial de rede de água na rua XV de Novembro esquina com a rua Almirante Dídio Costa.
Por conta disso, poderá acarretar desabastecido no seguintes bairros: Alto da XV, Vila Palermo e Parcial Virmond. (Região próxima a Igreja Comunidade Vida). A empresas também realiza  conserto emergencial de rede de água na rua Carajás esquina com a Rua Tupi. Por conta disso, poderá acarretar desabastecimento no Vila Carli. A previsão para a normalização do abastecimento das duas obras  é a partir do início da tarde e de forma gradativa. Só ficarão sem água os clientes que não têm caixa-d’água no imóvel, conforme recomendação da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Hospital Regional, em Guarapuava, terá o nome de Bernardo Carli e espaço Bernardo é aprovado na ALEP

Bernardo era um dos deputados mais atuantes do Paraná e  Foi membro de várias comissões técnicas permanentes da ALEP

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep)  aprovou, em sessão realizada nessa terça feira (21), em primeiro turno de votação, o Projeto de Lei nº 416/2018, que denomina de Hospital Regional Deputado Bernardo Ribas Carli o Hospital Regional do Centro-Oeste, em Guarapuava. Antes da sessão, o projeto, de autoria de 53 deputados, teve parecer favorável do relator aprovado por unanimidade na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).
Bernardo era um dos deputados mais atuantes do Paraná
e  foi membro de várias comissões técnicas permanentes da ALEP – incluindo a CCJ

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

LULA JÁ GANHOU AS ELEIÇÕES 2018? PT PODERÁ VOLTAR A MANDAR NO BRASIL

OS NÚMEROS DEIXAM CLARO QUE A ESTRATÉGIA ADOTADA PELO PARTIDO DOS TARALHADORES ESTA DANDO CERTO! O LULA NÃO FOI ABALADO MESMO DENTRO DA PRISÃO DEVE COMANDAR O RETORNO DO PARTIDO AO PODER ? DESESPERO COM NÚMEROS NO CENTRO E DIREITA! VÍDEO!

Candidatura de Beto Richa ao Senado é impugnada e Ricardo Barros está inelegível


O Ministério Público Eleitoral do Paraná ajuizou, na tarde desta quarta feira (22), 48 ações de impugnação ao registro de candidatura. Na lista, consta o nome do ex-governador do Paraná e então candidato ao Senado, Beto Richa (PSDB). Outro nome conhecido que integra a lista é o de Ricardo Barros (PP), que concorreria a deputado federal. No caso de Richa, o ministério alegou que o ex-governador é inelegível. O MP explica:
“Uma vez que foi condenado no âmbito da Ação Popular nº 0006586-98.2015.8.16.0004, por decisão colegiada proferida pela 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ/PR), na data de 07 de agosto de 2018, a restituir os valores dispendidos pelo Erário Público Estadual para o custeio de sua hospedagem em hotel de luxo localizado em Paris, na França”.
Outra candidatura impugnada pelo MP Eleitoral foi a do deputado estadual Nereu Moura. O MP Eleitoral ajuizou, ainda, seis ações de impugnação do Demonstrativo de Regularidade dos Atos Partidários (DRAP).  
As razões para a contestação das candidaturas incluem falta de comprovação de filiação partidária à sigla pela qual pretendem concorrer, condenações transitadas em julgado, entre outras.
Guarapuavanos não aparecem na lista.
A LISTA OFICIAL DE IMPUGNAÇÕES
Carlos Alberto Richa – encontra-se inelegível, uma vez que foi condenado no âmbito da Ação Popular nº 0006586-98.2015.8.16.0004, por decisão colegiada proferida pela 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ/PR), na data de 07 de agosto de 2018, a restituir os valores dispendidos pelo Erário Público Estadual para o custeio de sua hospedagem em hotel de luxo localizado em Paris, na França. Essa situação, configura ato doloso de improbidade administrativa que importa lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito (próprio ou de terceiro), fazendo incidir a causa de inelegibilidade encartada pelo art. 14, § 9º, da Constituição Federal c/c art. 1º, inciso I, alínea “l”, da Lei Complementar nº 64/90.
Ricardo José Magalhães Barros – encontra-se inelegível desde 15/01/2016 até 14/01/2024, em função da realização de doação eleitoral acima do limite legal, reconhecida por decisão proferida nos autos nº 26-19.2015.6.16.0066, transitada em julgado na data de 15 de janeiro de 2016 pelo Juízo da 66ª Zona Eleitoral do Paraná, o qual seguiu o rito previsto no artigo 22, da Lei Complementar nº 64/90. No exercício de 2014, ano-calendário 2013, a sociedade empresária MBR Locação de Veículos LTDA, declarou à Receita Federal, a título de receita bruta, o valor de R$ 0,00. Contudo, no pleito eleitoral de 2014, houve doação, pela empresa, em favor da campanha eleitoral de Maria Victoria Borghetti Barros no valor estimado de R$ 5.440,00 (cinco mil, quatrocentos e quarenta reais). Deste modo, os dirigentes da pessoa jurídica (entre eles Ricardo Barros) incidiram na causa de inelegibilidade prevista no do art. 1º, inciso I, alínea “p”, da Lei Complementar nº 64/90.
Nereu Alves de Moura – foi condenado à pena de suspensão de seus direitos políticos pelo período de 10 (dez) anos, no âmbito da Ação Civil Pública nº 0002636-96.2006.8.16.0004, por decisão colegiada proferida pela 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, na data de 19 de junho de 2018, pela prática de atos dolosos de improbidade administrativa que importaram, cumulativamente, em lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito. Por essa razão, encontra-se inelegível, nos termos do art. 14, § 9º, da Constituição Federal c/c art. 1º, inciso I, alínea “l”, da Lei Complementar nº 64/90.
Cathy Mary Quintas – é servidora pública federal, exercendo o cargo de Procuradora Federal no Estado do Paraná. Como tal, deveria ter se afastado das suas funções 3 meses antes do pleito, o que não aconteceu. Por isso, está inelegível, de acordo com o artigo 1º, incisos II a VII, da Lei das Inelegibilidades (LC n.º 64/90).
Silene Maria Burda – não possui condição de elegibilidade, pois não possui quitação eleitoral, em razão de ausência às urnas. Destarte, a requerente não possui a condição de elegibilidade prevista no artigo 11, § 1º, VI, e §§ 7º e 8º, da Lei 9.504/97, que foi disciplinada no art. 29, §§ 1º e 2º, da Resolução TSE nº 23.548/2017.
Maria Áurea da Silva – não possui condição de elegibilidade, pois não está filiada a partido político, tratando-se, em verdade, de pedido de registro de candidatura avulsa, conforme certidão emitida na data 19/08/2018 pelo TSE. A filiação partidária constitui uma condição de elegibilidade prevista no art. 14, § 3º, V, da Constituição Federal, devidamente regulamentada pela legislação infraconstitucional sendo inclusive vedada expressamente a candidatura avulsa (art. 87 do Código Eleitoral, arts. 7º e 11, § 14, da Lei nº 9.504/97 e art. 11, § 3º, da Resolução TSE nº 23.548/2017)
Andreia Ribeiro Daniel – não possui condição de elegibilidade, pois não está filiada a partido político, tratando-se, em verdade, de pedido de registro de candidatura avulsa, conforme certidão emitida na data 09/08/2018 pelo TSE. A filiação partidária constitui uma condição de elegibilidade prevista no art. 14, § 3º, V, da Constituição Federal, devidamente regulamentada pela legislação infraconstitucional sendo inclusive vedada expressamente a candidatura avulsa (art. 87 do Código Eleitoral, arts. 7º e 11, § 14, da Lei nº 9.504/97 e art. 11, § 3º, da Resolução TSE nº 23.548/2017).
Cláudia dos Santos – não possui condição de elegibilidade, pois não está filiada a partido político, tratando-se, em verdade, de pedido de registro de candidatura avulsa, conforme certidão emitida na data 09/08/2018 pelo TSE. A filiação partidária constitui uma condição de elegibilidade prevista no art. 14, § 3º, V, da Constituição Federal, devidamente regulamentada pela legislação infraconstitucional sendo inclusive vedada expressamente a candidatura avulsa (art. 87 do Código Eleitoral, arts. 7º e 11, § 14, da Lei nº 9.504/97 e art. 11, § 3º, da Resolução TSE nº 23.548/2017).
Roselia Furman Carneiro da Silva, Paula Santiago Gonçalves, Laisa Gabrielli da Silva e Isabela Fadel Gobbo – não possuem filiação conforme certidão emitida na data 19/08/2018 pelo TSE.
Patrícia Gimenes Ramos – conforme certidão emitida na data de 19/08/2018 pelo TSE, não está filiada ao partido Comunista do Brasil – PC do B, partido pelo qual requereu a candidatura, mas sim ao partido PTC, desde a data de 28/09/2015.
Silvana Gabardo e Tonia Carla de Souza – não possuem filiação conforme certidão emitida na data 20/08/2018 pelo TSE.
Célia Regina Piontkievicz – conforme certidão emitida na data de 20/08/2018 pelo TSE, não está filiada ao Partido dos Trabalhadores – PT, partido pelo qual requereu a candidatura, mas sim ao partido PC do B, desde 07/08/2013.
Edneia Oribka, Jéssica Magno e Natácia Regina Ferraz – não possuem filiação conforme certidão emitida na data 21/08/2018 pelo TSE.
Admir Machado – encontra-se inelegível desde 05/10/2009 até 24/07/2023, em razão de sua condenação por decisão transitada em julgado proferida pela 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado De São Paulo, no âmbito dos autos nº 075.01.2003.004346-6, o que o torna inelegível, nos termos do artigo 1º, I, “e” da Lei Complementar nº 64/90, na hipótese do número 2, ou seja, crime contra o patrimônio privado.
Luiz Carlos Gibson – foi condenado à pena de suspensão de seus direitos políticos, no âmbito do Processo de Apelação Cível nº 1635070-4, por decisão colegiada, proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, na data de 27 de junho de 2017, por ato doloso de improbidade administrativa que importou, cumulativamente, em lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito, razão pela qual se encontra inelegível, nos termos do art. 14, § 9º, da Constituição Federal c/c art. 1º, inciso I, alínea “l”, da Lei Complementar nº 64/90.
João Guilherme Ribas Martins – encontra-se inelegível por 08 (oito) anos, tendo em vista que, na qualidade de Prefeito Municipal de Piraquara, teve suas contas relativas aos exercícios de 2002, 2003 e 2004 rejeitadas por decisão definitiva do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, devidamente aprovados por decretos legislativos da Câmara de Vereadores do Município, datados de 1º e 2 de março de 2016, em razão de irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. A referida inelegibilidade decorre do art. 14, § 9º, da Constituição Federal c/c art. 1º, inciso I, alínea “g”, da Lei Complementar nº 64/90.
Francisco Luís dos Santos – encontra-se inelegível desde 02/10/2015 até 05/09/2025, tendo em vista que, na qualidade de Prefeito Municipal de Fazenda Rio Grande, teve suas contas relativas à gestão dos Termos de Parceria números 03/2010 e 15/2010 rejeitadas por decisões definitivas do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), em razão de irregularidades que configuram atos dolosos de improbidade administrativa. A inelegibilidade decorre do art. 14, § 9º, da Constituição Federal c/c art. 1º, inciso I, alínea “g”, da Lei Complementar nº 64/90.
Homero Barbosa Neto – encontra-se inelegível, uma vez que teve seu mandato de prefeito do município de Londrina cassado pelo decreto legislativo nº 245 , de 30 de julho de 2012,, em virtude de infração político-administrativa, tipificada no artigo 53, inciso VIII, da Lei Orgânica do Município de Londrina, conforme decisão do plenário da Câmera Municipal de Londrina. A inelegibilidade é em decorrência do art. 1º, inciso I, “b” da Lei Complementar nº 64/90.
Ricardo Antunes de Lara – encontra-se inelegível até 2024, em virtude de condenação pela 7ª Vara Criminal de Curitiba, bem como confirmação da condenação pelo Acórdão proferido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (Apelação Criminal nº 876231-6), datado de 15 de maio de 2013, o que o torna inelegível, nos termos do artigo 1º, I, “e” da Lei Complementar nº 64/90, na hipótese do número 2, ou seja, crime contra o patrimônio privado.
Marco Aurélio Ribeiro – encontra-se inelegível pelo período compreendido entre 11/12/2015 e 11/12/2023, em função da realização de doação eleitoral acima do limite legal, reconhecida pela decisão transitada em julgado proferida nos autos nº 227-04.2013.6.26.0001, na data de 11/12/2015, pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo, o qual seguiu o rito previsto no artigo 22, da Lei Complementar nº 64/90. O ora impugnado doou, nas eleições de 2012, R$ 1.000,00 (mil reais) a um candidato a vereador. De acordo com as informações encaminhadas pela Receita Federal, no ano de 2011, o réu não auferiu qualquer rendimento, sendo, então, a doação superior ao limite de valor estipulado pelo artigo 23, § 1º, I, da Lei 9.504/97 (10% dos rendimentos brutos auferidos no ano anterior à eleição).
Flávio Deni Fonseca Nakad – encontra-se inelegível pelo período de 08 (oito) anos em razão de sua condenação por decisão transitada em julgado proferida pela 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, no âmbito dos autos nº 0033010-02.2015.8.16.0030, o que o torna inelegível, nos termos do artigo 1º, I, “e” da Lei Complementar nº 64/90, na hipótese do número 2, ou seja, crime contra o patrimônio privado.
Rodrigo Aguiar da Silva – encontra-se inelegível desde 13/10/2011, em razão de sua condenação por decisão colegiada transitada em julgado proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná no âmbito dos autos nº 9748-50.2010.8.16.0013, o que o torna inelegível, nos termos do artigo 1º, I, “e” da Lei Complementar nº 64/90, na hipótese do número 1, ou seja, crime contra o patrimônio público.
Paulo Roberto Colnaghi Ribeiro – encontra-se inelegível desde 11/06/2013 até 26/05/2023, em razão de sua condenação por decisão colegiada transitada proferida pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região no âmbito dos autos nº 5036471-44.2011.4.04.7000, o que o torna inelegível, nos termos do artigo 1º, I, “e” da Lei Complementar nº 64/90, na hipótese do número 1, ou seja, crime contra o patrimônio público.
José Roberto Aciolly dos Santos – encontra-se inelegível pelo período de 08 (oito) anos, em função da realização de doação eleitoral acima do limite legal, reconhecida por decisão colegiada proferida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Paraná, no âmbito dos autos de Representação Eleitoral nº 183-61.2013.6.16.0001, na data de 12 de maio de 2013, o qual seguiu o rito previsto no artigo 22, da Lei Complementar nº 64/90. Deste modo, incidiu na causa de inelegibilidade prevista no do art. 1º, inciso I, alínea “p”, da Lei Complementar nº 64/90.
Alisson Anthony Wandscheer – encontra-se inelegível desde 16/05/2016 até 16/05/2024, em função da realização de doação eleitoral acima do limite legal, reconhecida por decisão proferida nos autos nº 186-04.2015.6.16.0144, julgado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Paraná na data de 16 de maio de 2016, seguindo-se o rito previsto no artigo 22, da Lei Complementar nº 64/90.
Nelson José Tureck – foi condenado à pena suspensão de seus direitos políticos, no âmbito do Processo nº 3436-88.2008.8.16.0058, por decisão colegiada proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, na data de 29 de outubro 2013, por ato doloso de improbidade administrativa que importou em lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito, razão pela qual se encontra inelegível, nos termos do art. 14, § 9º, da Constituição Federal c/c art. 1º, inciso I, alínea “l”, da Lei Complementar nº 64/90.
Reinaldo José da Costa – está inelegível, uma vez que tem contra si sentença condenatória transitada em julgado em 29 de novembro de 2017, proferida nos autos de Ação Civil de Improbidade Administrativa nº 0000653-39.2009.8.16.0107. A condenação pela prática da conduta ímproba enquanto ocupava cargo de vereador do município de Boa Esperança/PR (gestão 2001/2004), consistente no financiamento de eventos e confraternizações privadas com recursos públicos do Legislativo Municipal o torna inelegível, nos termos do artigo 1º, I, “l” da Lei Complementar nº 64/90. Em decorrência dessa condenação, também perdeu a condição de elegibilidade, pois, como a sentença também cassou seus direitos políticos, não poderia estar filiado a nenhum partido, de acordo com os artigos 16 e 22, II da lei nº 9.096/95.
Emerson Miguel Petriv – encontra-se inelegível, uma vez que teve seu mandato de vereador do município de Londrina cassado pelo decreto legislativo nº 257, de 15 de outubro de 2017, em virtude de infração ética parlamentar, por conta de violação ao artigo 9º, II, do Código de Ética de Decoro Parlamentar (Resolução 53/2003) e art. 7º, I do DL 201/67, conforme decisão do Plenário da Câmara Municipal de Londrina. A inelegibilidade é em decorrência do art. 1º, inciso I, “b” da Lei Complementar nº 64/90.
Joãozinho Santana – encontra-se inelegível pelo período de 08 (oito) anos, em função da realização de doação eleitoral acima do limite legal, reconhecida por decisão colegiada proferida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Paraná, no âmbito dos autos de Representação Eleitoral nº 52-94.2015.6.16.008 (sob sigilo), na data de 09 de maio de 2016, o qual seguiu o rito previsto no artigo 22, da Lei Complementar nº 64/90.
Luis Raimundo Corti – foi condenado à pena de suspensão de seus direitos políticos, no âmbito do Processo nº 0000456-47.2004.8.16.0079, por decisão colegiada proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, na data de 04 de fevereiro de 2014, por ato doloso de improbidade administrativa, que importou em lesão ao patrimônio público, razão pela qual se encontra inelegível, nos termos do art. 14, § 9º, da Constituição Federal c/c art. 1º, inciso I, alínea “l”, da Lei Complementar nº 64/90. Em decorrência dessa condenação, também perdeu a condição de elegibilidade, pois, como a sentença também cassou seus direitos políticos, não poderia estar filiado a nenhum partido, de acordo com os artigos 16 e 22, II da lei nº 9.096/95.
Gentil Paske de Faria – encontra-se inelegível por 08 (oito) anos, tendo em vista que, na qualidade de Prefeito Municipal de Itaperuçu/PR, teve suas contas relativas à gestão do Convênio nº 43.057/98, celebrado entre a municipalidade e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), rejeitadas por decisão definitiva do Tribunal de Contas da União (TCU), conforme acórdão em anexo e lista de inelegíveis do TCU, em razão de irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. A referida inelegibilidade decorre do art. 14, § 9º, da Constituição Federal c/c art. 1º, inciso I, alínea “g”, da Lei Complementar nº 64/90.
Adriano de Azevedo – encontra-se inelegível, pois era ocupante do cargo de Professor, do Quadro Próprio do Magistério do Estado do Paraná, e foi demitido após ser submetido a regular procedimento administrativo, com observância aos princípios constitucionais do contraditório e ampla defesa, nos termos do art. 293, inciso V, alínea b, da Lei nº 6.174/1970 (Estatuto do Servidor do Estado do Paraná). A demissão, veiculada no Decreto nº 8.350, foi publicada no Diário Oficial do Estado do Paraná de 28 de novembro de 2017. Está inelegível, portanto, conforme disposição do art. 1º, inciso I, alínea “o”, da LC nº 64/1990.
IMPUGNAÇÕES DE DRAP
O Demonstrativo de Regularidade dos Atos Partidários (DRAP) é o documento entregue pelo partido político no ato dos registros e contém o nome dos candidatos que foram aprovados em convenção. Se houver irregularidades no DRAP, o MP Eleitoral também deve impugná-los. Os DRAPs impugnados foram:
Coligação do Bem e da Verdade para Mudar o Paraná – A Coligação lançou 23 (vinte e três) candidatas mulheres para a disputa das eleições proporcionais, dentro de um universo de 79 (setenta e nove) candidaturas, o que representa um percentual de 29,11% de candidaturas femininas.
Coligação PRB / PHS/ PR/ AVANTE – A Coligação lançou 19 (dezenove) candidaturas femininas válidas para a disputa das eleições a deputado estadual, dentro de um universo de 64 (sessenta e quatro) candidaturas, o que representa um percentual de 29,68% de candidaturas femininas. Para deputado federal, lançou 11 (onze) candidaturas femininas válidas para a disputa das eleições a deputado estadual, dentro de um universo de 39 (trinta e nove), o que representa um percentual de 28,2% de candidaturas femininas.
Coligação INOVA PARANÁ – A Coligação lançou 19 (dezenove) candidaturas femininas válidas para a disputa das eleições proporcionais, dentro de um universo de 73 (setenta e três) candidaturas, o que representa um percentual de 26% de candidaturas femininas.
Partido dos Trabalhadores (PT) – O partido lançou 8 (oito) candidaturas femininas válidas para o cargo de deputado federal, em um universo de 35 (trinta e cinco) registros efetuados, o que representa um percentual de 22,85% de candidaturas femininas apenas, ou seja, três a menos do que a quantidade exigida para o caso. Ainda, dos 32 registros efetuados para o cargo de deputado estadual, apenas 9 deles correspondem a candidaturas válidas do gênero feminino – um a menos do que a quantidade exigida para o caso, ou seja, 28%.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA