sexta-feira, 15 de junho de 2018

Mulher é indiciada por facilitar o estupro do próprio filho


Uma mulher de 22 anos foi indiciada pela Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente  por ter facilitado o estupro do próprio filho, um bebê de 1 ano e oito meses. O laudo da perícia apontou lesões anais no menino
A vítima foi estuprada pelo namorado da mãe, um homem de 36 anos, na noite do dia 20 de abril.  A delegada Fernanda Lima, responsável pelas investigações, disse que a mulher costumava frequentar a casa dele em busca de sexo, drogas e bebidas.
"As investigações policiais demonstraram que a mulher, além de não evitar que o estupro do seu filho ocorresse, facilitou a prática do crime, razão pela qual irá responder por estupro de vulnerável, que prevê penas de até quinze anos de prisão", disse a delegada.
No entanto, ainda não há um mandado de prisão contra a mulher. Já o namorado dela, tentou fugir mas foi preso no dia 24 de maio. Na delegacia, ele confessou o crime e disse que a mãe do bebê facilitava os abusos. Ele também vai responder por estupro de vulnerável.
O bebê chegou a dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento Infantil
de Formosa com lesões decorrentes do estupro. Depois, ele foi transferido para o Hospital Materno Infantil de Brasília e, ao receber alta médica, foi levado para um abrigo da cidade de Formosa, em Goiás.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA