terça-feira, 22 de maio de 2018

Na próxima terça (29), CONJOVE articula Dia Livre de Imposto em Guarapuava


O Conselho do Jovem Empresário (CONJOVE), com o apoio da Confederação Nacional de Jovens Empresários (CONAJE) e da Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (ACIG), promoverá no dia 29 de maio o Dia Livre de Imposto. Na referente data, empresas guarapuavanas comercializarão alguns de seus produtos com o preço sem acréscimo do valor do imposto.

A iniciativa faz parte da 16ª edição do Feirão do Imposto, promovido pelo CONAJE e disseminada pelos Conselhos Estaduais e suas entidades filiadas. Neste ano, mais de 100 cidades brasileiras estão realizando ações ao longo do mês de maio, objetivando reivindicar mais eficiência no uso do dinheiro público.

                O empresário e conselheiro do CONJOVE, Paulo Meister, cita alguns dados sobre essa temática, que revelam o contexto em que o Brasil está inserido.
“Nosso país está entre os 30 países com maior carga tributária do mundo, atualmente um brasileiro trabalha cerca de 150 dias ao ano para pagar tributos”, explica.

Nesse sentido, a campanha busca mostrar ao consumidor, de modo prático, a realidade sobre o quanto a população paga em impostos
e o quanto disso é destinado e bem empregado em ações para benefício público. Especificamente em Guarapuava, a ação do “Dia Livre de Imposto” aderida por parte dos estabelecimentos comerciais, mostrará quanto do produto pago é imposto.

De acordo com Meister, a iniciativa não é uma luta pelo fim da cobrança de impostos, mas pela sua diminuição. “Acreditamos serem os impostos fundamentais para o desenvolvimento do país, por isso estamos lutando pela correta aplicação dos recursos obtidos através do recolhimento de impostos. Sonegar é crime, corrupção também”, aponta.

O Feirão do Imposto nasceu em 2002, na cidade de Joinville/SC, idealizado por jovens empreendedores. Após 10 anos de ações uma grande conquista: a aprovação da Lei do Imposto na Nota (Lei 12.741/12), que obriga todos os estabelecimentos a incluir nos documentos fiscais o percentual e o valor aproximado de impostos pagos. Em 2017 o projeto atingiu 190 cidades do Brasil e envolveu 250 representantes e 700 pessoas diretamente engajadas. Foram mais de 150 ações por todo o país.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA