quarta-feira, 14 de março de 2018

NOTICIA FALSA É 70% MAIS COMPARTILHADA

Muita gente aponta os robôs como culpados pelo fenômeno, mas para os responsáveis pelo estudo, a culpa é das pessoas
que não olham fontes e saem fazendo correntes pedindo para que compartilhem a fajutice

Com imagens e manchetes cada vez mais chamativas, as ‘fake news’ estão dominando a internet. Um estudo realizado por pesquisadores do MIT mostra que as notícias falsas são 70% mais compartilhadas do que as verdadeiras. O objetivo da pesquisa era entender como acontece a dispersão dos boatos na web.

Para chegar a um resultado, os pesquisadores utilizaram dados de sites de checagem de fatos e escolheram informações com pelo menos 95% de concordância entre eles – tanto sobre algo verdadeiro como sobre algo falso – e decidiram espalhar as notícias. Os resultados impressionaram. “As notícias falsas se difundiram de maneira significativamente mais rápida, profunda e ampla do que os fatos verdadeiros”, explica o estudo, publicado na revista Science.
Enquanto as notícias falsas chegaram a mais de 100 mil pessoas, as verdadeiras quase não conseguiram superar as mil pessoas. O estudo mostra que alguns temas, como política, têm a capacidade de dispersão de uma notícia falsa ainda mais rapidamente. Nesse caso, o limite de 20 mil pessoas é atingido quase três vezes mais rápido do que outros tipos de notícia. “A probabilidade de uma notícia falsa ser compartilhada é 70% maior”, determinam.
Por que isso acontece?
Muita gente aponta os robôs como culpados pelo fenômeno, mas para os responsáveis pelo estudo, a culpa é das pessoas. As notícias falsas chamam mais atenção e contribuem para a decisão de compartilhar informações porque reforçam a ideia de que a pessoa está atualizada.
“Notícias falsas podem levar à má alocação de recursos durante ataques terroristas ou desastres naturais, o desalinhamento de investimentos nos negócios e eleições mal-informadas. O comportamento humano contribui mais para a diferença na dispersão das notícias verdadeiras e falsas que qualquer robô”, detalham.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA