quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Camara-e.net cria grupo de trabalho para ampliar debate sobre privacidade de dados no país

A Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) pretende levar questões 
envolvendo 
privacidade de dados no Brasil para o centro das discussões do setor. Líder nos debates sobre o tema desde 2009 e com papel preponderante na redação do texto do Marco Civil da Internet, a entidade acaba de criar o Grupo de Trabalho de Privacidade, formado por associados da entidade.


"Nossa expertise em segurança e privacidade de dados nos levou a qualificar ainda mais a gestão do tema por meio de um grupo próprio e dedicado ao assunto", afirma Leonardo Palhares, presidente da camara-e.net e sócio do Almeida Advogados. "Ainda há muito com que podemos contribuir para melhorar as discussões, aprimorar a legislação e capacitar empresas".

Uma das metas do grupo é analisar Projetos de Lei que estão em tramitação para traçar a melhor maneira de atuação junto ao poder público. Outra é criar um programa de capacitação certificado sobre segurança de dados. A primeira reunião do GT de Privacidade acontece em março.


ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA