quarta-feira, 30 de julho de 2014

Jovens desistem de votar nas eleições deste ano no Paraná


Seguindo a tendência nacional, o Paraná teve queda considerável no número de jovens eleitores aptos a votar nas eleições deste ano. São 53,4% menos eleitores com 16 anos, em comparação com 2010. Entre o eleitorado com idade de 17 anos, o número diminuiu 26,9%.
O dado sugere para um possível desencanto dos jovens com a política, já que por lei, o voto para quem tem entre 16 e 17 anos é facultativo – ou seja, só é obrigatório a partir dos 18 anos de idade. Segundo o coordenador de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral, Marden Machado, a atualização por meio do recadastramento biométrico não tem influência na diminuição dos jovens entre eleitores. Para ele, a diminuição mostra um desinteresse da faixa pela política.

Outro fator que influencia na diminuição seria a redução do número de jovens com 16 anos em todo o país.
Na outra ponta da faixa etária do eleitorado, o número de idosos aumentou neste ano. Os eleitores com idades entre 70 e 79 anos cresceram 9% em quatro anos. Enquanto os jovens representam 0,2% do eleitorado, os idosos aptos a votar são 4,8% dos eleitores do Estado.
Entre 2010 e 2014, o eleitorado paranaense aumentou de 7,7 para 7,8 milhões de pessoas com títulos ativos. Segundo a projeção mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – baseada em dados de crescimento populacional a partir do Censo 2010 – a população entre 15 e 19 anos representa a segunda maior fatia etária entre os paranaenses (em torno de 9%), perdendo apenas para as crianças com idades entre 10 e 14 anos (10%). Em todo o país o eleitorado brasileiro cresceu 5,17% nos últimos quatro anos, mas a participação dos jovens também é menor. Enquanto no último pleito geral os eleitores com 16 anos eram 900.807 (0,66%), neste ano, eles serão 480.044 (0,34%), uma redução de 420 mil eleitores.
Com informações do jornal Bem Paraná

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA