sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Tempestades atingem regiões Oeste e Centro-Sul do PR



Tempestades com rajadas de vento superiores a 80 quilômetros por hora atingiram, ontem  quinta-feira (29), municípios da região Oeste do Paraná e, durante a noite avançaram para o interior do estado. Segundo o Instituto Tecnológico Simepar, as regiões Centro-Sul e os Campos Gerais já registravam vendavais no início da noite.
“As previsões são de chuvas fortes, principalmente para a região que vai da fronteira com o Paraguai até a divisa com o Mato Grosso do Sul. Por causa disso, estamos em alerta", disse o tenente Marcos Vival da Silva Júnior,oficial da Defesa Civil.
No Oeste, a cidade mais atingida foi Guaíra, onde os ventos chegaram a 87 quilômetros por hora. O vendaval mais intenso durou pouco mais de cinco minutos, segundo o posto do Corpo de Bombeiros do município. Por conta disso, pelo menos oito residências foram destelhadas e dez árvores caíram. Uma das árvores caiu sobre uma casa. Também houve registro de quedas sobre veículos, mas não houve feridos.
“A área mais afetada é que fica às margens do Rio Paraná. A recomendação é que as pessoas não saiam de suas casas durante os vendavais e que procurem ficar abrigados”, orientou o supervisor do posto, sargento Jéferson Henrique de Lima.

Segundo o Simepar, por volta das 19 horas as tempestades se alastraram para outras regiões. Em Guarapuava, no Centro-Sul, houve vendavais estimados em 70 quilômetros por hora. Em Ivaí, nos Campos Gerais, chovia granizo. Os temporais também afetavam as regiões Norte e Noroeste, de acordo com o Instituto.

Causas

O Simepar informou que as tempestades são causadas por um fenômeno meteorológico conhecido como Complexo Convectivo de Mesoescala. O sistema se intensificou sobre o Paraguai, favorecendo a entrada de umidade na região Oeste do Paraná. Isso causou instabilidade, que se deslocada para o interior do estado.
Com informações da Gazeta do Povo

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA