quarta-feira, 21 de novembro de 2012

RICHA QUER GELAR O PARANAENSE DISTRIBUINDO 12 MIL GELADEIRAS DE GRAÇA


 O governador Beto Richa lançou nesta terça-feira (20/11) em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, o programa Geladeira da Família, que vai distribuir 12 mil geladeiras de graça a famílias de baixa renda, até o início do próximo ano. As primeiras geladeiras foram repassadas durante a entrega de 241 casas novas para moradores do Residencial Madre Teresa de Calcutá.
Além das geladeiras e das casas construídas pela Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), as famílias receberam um kit de eficiência energética, composto por chuveiro elétrico com recuperação de calor e um conjunto de lâmpadas fluorescentes. “O programa Geladeira da Família tem um alcance social enorme, porque também garante melhor alimentação às pessoas, com a conservação mais adequada de alimentos”, afirmou o governador Beto Richa.
O novo programa foi concebido em parceria com a Copel e tem o objetivo de, ao mesmo tempo, garantir mais conforto e qualidade de vida às famílias de menor renda e promover o consumo consciente de energia, com o uso de equipamentos mais modernos. A Copel também será responsável por orientar as famílias a utilizar de forma correta os itens para economizar energia.
Richa destacou o compromisso do governo estadual em ampliar programas sociais e disse que a entrega dos itens de eficiência energética demonstra atenção às pessoas mais necessitadas. Segundo o governador, o objetivo do programa é auxiliar as famílias de baixa renda a reduzir a conta de luz no final do mês e contribuir para a sustentabilidade ambiental. “Uma inovação que será levada para outras regiões do Estado”, afirmou ele.

O presidente da empresa, Lindolfo Zimmer, explicou que o Geladeira da Família atende moradores de conjuntos habitacionais com projeto de eficiência energética aprovado Agência Nacional Energia Elétrica (Anel) ou consumidores residenciais de baixa renda com consumo mensal de até 220 kWh.
A família precisa estar inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e possuir o Número de Identificação Social (NIS). “Enquanto o Governo do Paraná, por meio da Cohapar, proporciona moradia digna a essas pessoas, a Copel garante meios para que a eletricidade seja usada de forma eficiente, segura e sem desperdício”, disse Zimmer.
Todas as famílias contempladas são orientadas pela Cohapar a obterem o seu Número de Identificação Social – NIS, para que se enquadrem na tarifa social de baixa renda e, quando o consumo mensal não ultrapassar a 100 quilowatts-hora, tenham sua conta de luz quitada pelo Governo do Estado por meio do programa Luz Fraterna.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA