terça-feira, 20 de novembro de 2012

Mães tiram a roupa por transporte escolar




Mães da escola Evaristo Calatayud, no município de Montserrat, na Espanha, posaram para um calendário erótico a fim de levantar fundos para custear o ônibus escolar de seus filhos. A medida foi tomada após o Ministério da Educação suspender o transporte gratuito das crianças entre 3 e 10 anos, que devem caminhar até 6 km para chegar à escola. As informações são do Terra Espanha. ( CONFIRA TODAS AS FOTOS) 


 O serviço, que transportava 80 estudantes, pode custar 7,2 mil euros por mês (90 euros por criança). Os pais alegaram que desde julho protestam contra a decisão do governo de remover dois dos quatro ônibus escolares que faziam o trajeto.
O governo decidiu alterar as regras de transporte, que assegura que toda criança que vive a 3 km da escola tem direito ao transporte escolar gratuito. "A partir de julho, os 3 km começaram a contar em linha reta, sem levar em conta a geografia do terreno, que é montanhoso", disse uma das mães afetadas, Silvia Lucas. 
"Uma forma de reivindicar o transporte foi levar as crianças andando até ao colégio, uma hora e meia de trajeto", afirmou outra mãe de aluno. No entanto, com as baixas temperaturas nesta época do ano na região, foi impossível continuar com este tipo de protesto.




ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA