terça-feira, 3 de abril de 2018

GUARAPUAVA: TRISTEZA, VAZIO, ABANDONO: EXPOSIÇÃO RETRATA A VIDA NA RUA

 (Foto: Divulgação)

A situação de vazio e quase inexistência dos moradores de rua e até  artistas da rua  é retratada  nas obras que revelam  um pouco da história de cada um. A ideia, materializada pela desenhista Jurema Opuchkevitch Carvalho, estará sendo mostrada na exposição “Eu Existo”, a partir desta terça feira (3), às 19h30, no Centro de Artes Iracema Trinco Ribeiro, em Guarapuava.

De acordo com Jurema, a intenção com os desenhos é mostrar como essas pessoas acabam sendo esquecidas e deixadas de lado pela sociedade.
“Muitas dessas pessoas estão na rua porque a vêem como uma fuga de seus problemas, seja por desavenças com a família ou por uso de drogas e álcool”.
De acordo com Jurema, o seu trabalho retrata essas condições de vida, que “na maioria das vezes são desumanas, pois são pessoas que vivem de doações e esmolas e estão sujeitas à violência e ao preconceito”.
SERVIÇO
O Centro de Artes Iracema Trinco Ribeiro fica na rua Marechal Floriano Peixoto, 1399, em Guarapuava.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA