quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Polícia Federal dá início aos depoimentos da Operação Quadro Negro


Começaram hoje (01) as oitivas de quase 20 pessoas intimadas pela Polícia Federal para prestar esclarecimentos no âmbito da Operação Quadro Negro. A força-tarefa apura um esquema de desvios de recursos da construção e reforma de escolas públicas do Paraná que teria provocado um rombo estimado em mais de R$ 20 milhões.
A investigação foi deflagrada em 2015 pelo Gaeco, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, do Ministério Público do Paraná.
Mas esses depoimentos em específico serão colhidos pela PF por causa do possível envolvimento de autoridades com foro no Supremo Tribunal Federal.
Segundo  a Assessoria de Imprensa da Polícia Federal em Curitiba,  a Corporação não vai se pronunciar aqui porque as informações serão enviadas diretamente à Brasília. Entre os intimados estariam pessoas próximas ao governador Beto Richa (PSDB) e nomes que integram o primeiro escalão do Executivo estadual. Mesmo assim, o político se diz absolutamente tranquilo.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA