quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Três policiais civis são presos suspeitos de corrupção passiva, falsidade ideológica e uso de documentos falsos


Três policiais civis foram presos na manhã dessa terça-feira (05), em Foz do Iguaçu, oeste do Paraná, em uma operação realizada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). Durante a ação, os três agentes foram presos, em flagrante, por posse de arma e munição de uso restrito. Além disso, um deles possuía, ilegalmente, inquéritos policiais, drogas para tráfico e indícios de que realizava jogo do bicho.

No total, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, sendo cinco na casa dos agentes e um no cartório do Grupo de Diligências Especiais, onde os policiais trabalhavam. De acordo com o Gaeco, a Operação investiga crimes de prevaricação (crimes praticados por funcionário público contra a administração), corrupção passiva, falsidade ideológica e uso de documentos falsos.
Segundo o Ministério Público do Paraná, os policiais teriam solicitado uma quantia em dinheiro para liberar um caminhão apreendido com cigarros contrabandeados. Em seguida, os agentes falsificaram a documentação do veículo e apresentaram à Receita Federal. Os policiais estão suspensos das funções por determinação da 1ª Vara Criminal de Foz do Iguaçu.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA