quinta-feira, 9 de novembro de 2017

DER Quer contratar empresa a R$ 9,1 milhões para "fiscalizar pedágio"! Mas esta não é a função do departamento?

O líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa, deputado Tadeu Veneri, apresentou ontem pedido de informação ao Departamento de Estradas de Rodagem sobre os editais publicados recentemente para contratação de empresa para fiscalizar o pedágio no Paraná.
De acordo com o edital de concorrência o DER se propõe desembolsar R$ 9,1 milhões para contratação de empresa ou consorcio de empresas para fiscalizar e gerenciar obras e serviços das empresas de pedágio que operam nas rodovias do Estado.

Veneri quer saber por que o DER pretende contratar empresas terceirizadas para a tarefa que, conforme a lei, caberia à Agência Reguladora do Paraná.
Entre outras questões levantadas, o deputado pergunta como essa fiscalização foi realizada nestes 19 anos de concessões das rodovias estaduais. A cobrança do pedágio começou em 1998, no governo de Jaime Lerner
-- Nós queremos saber por que o DER está contratando terceiros para fazer um trabalho que já deveria estar sendo feito e cuja obrigação já está prevista em lei? questionou Veneri.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA