segunda-feira, 21 de agosto de 2017

GUARAPUAVA: BRIGAS, VIOLÊNCIA, DROGAS E ARMAS NO MORRO ALTO


Por volta das 13h15min do dia 20 de agosto de 2017 na Rua dos Advogados Bairro Morro Alto, a equipe foi acionada para verificar uma situação de vias de fato entre dois homens na Rua do Advogados, onde um dos homens estariam armado de arma de fogo e fazendo ameaças aos moradores da residência. Ao chegar no local, em contato com a solicitante (36), a mesma relatou que teve um desentendimento com seu amasio (22), que durante o desentendimento seu filho se colocou no meio da discussão, quando seu amásio correu atrás dele na rua. Neste momento, outros dois homens (18 e 21) viram tal situação e se colocaram no meio,
neste momento seu amásio tentou fugir e entrar para sua residência, sendo seguido pelos dois homens, quando a mesma pediu para que eles saíssem do terreno de sua residência, neste momento os três saíram do pátio da referida residência, quando um deles (18) pegou de sua cintura uma arma de fogo e efetuou 3 disparos contra seu amásio, um deles atingiu seu peito. No local a equipe não localizou nenhum dos três, sendo que o amásio teria pego ums motocicleta Yamaha e saído, tomando rumo ignorado. Em patrulhamento, a equipe localizou um dos envolvidos (21), o qual estava em posse de um celular Sansung J3 em suas mãos e que no momento em que foi visto pela equipe ele guardou o celular no bolso. Perguntado com quem estava falando, o mesmo falou que era um amigo. Solicitado para que fizesse o desbloqueio do celular ele se negou. Em ato continuo equipe recebeu informações que a vítima dos disparos estaria caído na Av. das Profissões, sentido Bairro Industrial. Acionado SAMU, sendo conduzido até o Hospital, onde foi constatado que se tratava de um disparo de calibre 22. Ainda em patrulhamento, a equipe em apoio localizou o suspeito dos disparos, que estava acompanhado de uma adolescente (14), ambos relataram que não tinham nada a ver com a situação e que estavam vindo da casa dela. Deslocado até a residência, momento em que um dos policiais visualizou pela janela da sala, sobre o rack, várias capsulas de munição, quando a equipe comunicou que teria que entrar na residência, ambos “falaram que ninguém iria entrar na casa”; neste momento que a equipe adentrou a residência e confirmou se tratar de 5 munições de calibre .38, bem como em buscas ao interior da residência foi localizado, ao lado do sofá, um revolver Taurus de calibre .38. Segundo morador, ele comprou o revólver por R$ 2000,00 de um terceiro. Também foi localizado, em baixo da cama, um tablete de substância análoga à maconha, totalizando 267 gramas, bem como vários objetos sem procedência, além de dinheiro “trocado”. Em buscas no terreno, foram localizados três pés de Maconha em alguns vasos. No interior da residência ainda estava um homem (29), contra o qual foi constatado em seu desfavor um mandado de pelo Art. 157- Roubo Agravado. Deslocado até a residência do outro envolvido (21), sendo localizado, na cabeceira da cama do mesmo, estojo deflagrado de Calibre .12, bem como na mesa do computador 1,6 gramas de substancia análoga à maconha. Diante dos fatos, todos foram encaminhados, assim como os objetos, a droga, dinheiro, munições e armas, até a 14ª SDP para confecção de Flagrante.
VIA B.O 16 BPM

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA