terça-feira, 11 de julho de 2017

GUARAPUAVA: MULHER É AGREDIDA, ASFIXIADA, QUASE MORRE É OBRIGADA A FUGIR DA PRÓPRIA CASA


Às 21h30min, policiais militares deslocaram até a Av. Vereador Serafim Ribas, Bairro Boqueirão, onde solicitante reatou que seu amásio (22) na noite anterior tentou matá-la e veio a tentar asfixiá-la, causando-lhe hematomas no pescoço, também lhe deu socos e chutes no abdômen, além de ameaçar a mesma de morte e quebrar o seu aparelho celular. Informou ainda que conseguiu fugir e passou a noite e todo o dia de hoje fugindo do agressor.
Segundo a solicitante, o mesmo passou a enviar mensagens escritas e de áudio, para sua mãe, ameaçando ambas de morte. Quando a equipe chegou na residência da mãe da solicitante, esta informou que tinha acabado de mandar uma mensagem para o autor, informando que sua filha estava em sua casa e passaria a noite ali. Enquanto a equipe estava no local, dentro do pátio, conversando com a solicitante, uma motocicleta com dois indivíduos parou aproximadamente a 50 metros da residência, sendo que o passageiro desembarcou e seguiu apressado em direção a residência, momento em que equipe, no intuito de salvaguardar a segurança das pessoas presentes, pediu para que estas se trancassem na residência e permaneceu no pátio, para realizar a abordagem do indivíduo. Quando este entrou no pátio, a equipe percebeu que o mesmo portava uma faca em sua mão direita, vindo em direção a porta da residência. De imediato, foi verbalizado com o mesmo, dando a ordem que largasse a faca e erguesse as mãos, porém o mesmo não acatou e continuou em direção a equipe, sendo que os policiais militares utilizaram técnicas e o uso de força moderada para que o agressor largasse a faca e a equipe conseguisse realizar sua prisão. Durante a revista pessoal, foram encontradas 2,4 gramas de substância análoga a maconha, no bolso da calça. Diante dos fatos, as partes envolvidas foram encaminhadas até a 14ª SDP.
VIA b.o 16 BPM

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA