segunda-feira, 8 de maio de 2017

MST afirma que levará 20 mil militantes em Curitiba para defender Lula


Com ou sem autorização da Justiça para armar acampamento, o líder nacional do MST, João Pedro Stédile afirma que o Movimento dos trabalhadores Rurais Sem Terra trará 20 mil militantes a Curitiba na próxima quarta-feira (10), quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prestará depoimento ao juiz Sérgio Moro.
Após depoimento, os apoiadores de Lula realizarão um ato. Segundo Stédile, maior parte dos participantes será do próprio Estado do Paraná, onde o movimento reúne 20 mil famílias.

Já a CUT (Central Única dos Trabalhadores) distribuiu a organização das carreatas entre os sindicatos que a compõem. Cerca de 30 ônibus sairão do grande ABC.
Um dos temores é de fixação de barreiras policiais nas vias de acesso à capital do Estado.Lula foi informado da mobilização pelos coordenadores do MST durante almoço na Segunda Feira da Reforma Agrária, em São Paulo. Após almoço, Lula circulou pelo público presente.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA