quinta-feira, 11 de maio de 2017

Irati: Município e Cohapar fazem entrega de 20 casas rurais


A Prefeitura de Irati, em conjunto com a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) realizou, na quinta-feira, dia 11, a entrega simbólica de 20 moradias pelo Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR). A cerimônia ocorreu na propriedade de Thomaz Kozlik, na localidade de Serra dos Nogueiras.
20 famílias iratienses foram contempladas com novas casas.
Além da Serra dos Nogueiras, as localidades de Água Clara, Água Mineral, Campina Branca, Cerro da Ponte Alta, Faxinal do Rio do Couro, Linha B de Gonçalves Junior, Linha E de Itapará, Mato Queimado, Pirapó e Taquari também receberam unidades. As moradias construídas, com área de 48 m², somam R$ 570 mil, com recursos do Ministério das Cidades e Banco do Brasil, com parceria do Governo do Estado, Cohapar e Prefeitura de Irati.
Casa própria é necessidade na cidade e no campo
Representando o presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, o assessor Claudemir Herthel disse que o governo estadual se sente muito feliz em poder fazer as entregas destas moradias. “Com esta entrega de 20 casas, estamos falando da dignidade da pessoa humana. Com este projeto do governo, muitas pessoas estão podendo ter o seu direito reconhecido de dignidade, sentindo este prazer, que vocês terão hoje, quando colocarem a chave. O Estado está ajudando muitas famílias de todo o Paraná a passarem por este momento com o sentimento pleno de felicidade”. Herthel comentou que o governo tem se preocupado com a qualidade de vida dos paranaenses.
O prefeito de Irati, Jorge Derbli, manifestou a sua satisfação em fazer as entregas. “São casas bem-feitas, com bom acabamento. Isso é muito importante para todas as famílias, por meio de um programa social muito estruturado. A Cohapar tem nos recebido muito bem e, em visita ao Lupion, já tivemos o retorno de que cerca de 500 casas populares serão construídas no bairro Engenheiro Gutierrez. Além disso, também foram liberadas mais 100 casas rurais para o município”, anunciou o prefeito. “Tanto no campo quanto na cidade há uma necessidade muito grande de moradias. Esta casa é um presente pelo baixo valor de financiamento, com pequena parcela que cabe no bolso do agricultor”.
Cleonice e Thomaz Kolizk, junto dos dois filhos, conquistaram uma das casas. Eles têm dois filhos e trabalham com o cultivo de milho, feijão e verduras. “Quando nos inscrevemos, toda a nossa documentação estava correta e o processo demorou cerca de cinco meses. A obra iniciou em janeiro de 2014 e agora estamos contentes por estar concluída”, disse Thomaz. “Para nós, é uma bênção muito grande, termos nossa primeira casa, pois sempre estivemos morando em casa alugada, ou emprestada”. Para a família, a felicidade será também de poder receber suas visitas.
Na solenidade também estiveram presentes representantes do Banco do Brasil, Emater, o chefe regional da Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento (Seab), Igor Zampier, além de técnicos do escritório da Cohapar de Guarapuava.

Texto e fotos: Assessoria de Comunicação

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA