quinta-feira, 13 de abril de 2017

Richa evita a imprensa, após confirmação de que está na delação da Odebrecht


Em sua primeira aparição pública após a confirmação de que seu nome está na segunda lista do procurador-geral da República, o governador do Paraná Beto Richa (PSDB) evitou, ontem  falar com a imprensa. 
O político participou de uma cerimônia de liberação de recursos do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) na manhã de ontem  quarta-feira (12).

O evento desta manhã ocorreu em uma sala anexa ao gabinete de Richa no Palácio Iguaçu. Após a solenidade, o governador retornou saiu sem conceder entrevistas à imprensa presente no local. Segundo sua assessoria, Richa não concedeu entrevista porque teve de participar de uma audiência na sequência do encontro que formalizou a liberação de R$ 121,5 milhões do BRDE.
A citação a Beto Richa na chamada “megadelação da Odebrecht” veio de dois delatores diferentes: os ex-executivos da empreiteira Benedicto Barbosa da Silva Júnior e Valter Luís Arruda Lana.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA