quarta-feira, 26 de abril de 2017

Desaprovação de Temer passa de 87%

Pesquisa Ipsos (Brasil Pesquisas de Mercado LTDA), divulgada hoje pelo jornal Valor Econômico aponta que a desaprovação do presidente Michel Temer chegou ao patamar de 87%.
Segundo o jornal, Temer empata com o ex-deputado Eduardo Cunha, personalidade pública mais rejeitada no Brasil em reiteradas pesquisas.
A desaprovação a Michel Temer saltou nove pontos em um mês. A aprovação também sofreu mudança relevante no período de um mês. Caiu de 17% para 10% (em outubro de 2016, em seu melhor momento, chegou a 31%).

A Ipsos, que faz esse monitoramento mensalmente, ouviu 1.200 pessoas em 72 municípios entre 1º e 12 de abril, portanto antes da divulgação das delações da Odebrecht, que também atingiram Temer.
De acordo com a pesquisa, no tocante a avaliação do governo federal, apenas 4% julgam a administração como boa ou ótima somam apenas 4%. Os que avaliam o governo ruim ou péssimo somam 75% (era 62% em março).
Aumentou, também, a proporção de pessoas que acreditam que o Brasil esteja no rumo errado: 92% dos entrevistados - em março eram 90%.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA