sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

PCC é facção criminosa que predomina no Paraná



O Primeiro Comando da Capital é a facção criminosa de maior poder nas penitenciárias do Paraná. A Segurança Pública aposta nos serviços de inteligência para combater a atuação dos grupos organizados nos presídios.
A disputa entre facções criminosas que teria resultado no massacre em uma penitenciária de Manaus nesta semana também foi identificada em presídios do Paraná.
Em outubro do ano passado, a Secretaria de Estado da Segurança Pública repassou com setores de inteligência de outros estados a informação de que líderes do PCC determinaram um rompimento com o Comando Vermelho e outras facções.
Os grupos costumam manter um trabalho conjunto em algumas atividades, como no carregamento de drogas e tráfico de armas.
A suspeita é de que o rompimento dessa colaboração tenha resultado na morte de 56 pessoas no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, em Manaus, entre os dias 1.º e 2 deste mês.
A ordem para que líderes do PCC rompessem com outras facções percorreu presídios de todo o Brasil de várias maneiras.
Uma delas foi por meio das chamadas “pipas”, pequenos papéis escondidos com visitantes e até advogados, e entregues aos presos.
Lenise Klenk, BandNews FM Curitiba

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA