terça-feira, 18 de outubro de 2016

Morador de Ponta Grossa vem visitar mãe e desaparece em Guarapuava

Edi Carlos Esbonik, de 38 anos, estava na casa da mãe em Guarapuava quando pegou equipamentos e saiu sem avisar. Rapaz foi visto pela última vez embarcando para Curitiba.

/FOTO: DIVULGAÇÃO
Ly Santana
Um morador de Ponta Grossa está desaparecido desde a última terça-feira (10). Edi Carlos Esbonik, de 38 anos, estava na casa de parentes aqui em  Guarapuava, , quando saiu da residência sem avisar e desde então não enviou  mais notícias. Simplesmente sumiu.
De acordo com familiares, Edi estava desempregado e tinha acabado de terminar um relacionamento –
a família não acredita, no entanto, que esta possa ser a causa do desaparecimento, já que ele não se mostrava abatido com a situação.
ESBONIK,  passava alguns  dias na casa da mãe, em Guarapuava, quando pegou um notebook, uma câmera digital e saiu de casa. “Minha tia [mãe de Edi] ainda disse que perguntou para onde ele estava indo, mas ele não respondeu. Por conta disso, ela achou que ele logo voltava e não se preocupou, mas desde então ele não foi mais visto”, disse uma prima de Edi, que mora em Ponta Grossa.
Os familiares foram até a rodoviária de Guarapuava para verificar se haveria algum registro de compra de passagem e verificaram, pelo monitoramento das câmeras, que ele embarcou em um ônibus da Princesa dos Campos para Curitiba. 
Desde então não há mais informações sobre o paradeiro dele.
Quem tiver informações sobre Edi, a família pede que entre em contato pelo telefone (42) 9993-2627 ou (42) 9945-5500. A Polícia Civil já foi acionada e também está em busca do paradeiro.
Li Santana : Com informações de ARede ( PG) 

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA