quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Crianças e adolescentes atendidos pela Assistência Social participam da Escola da Vida


A Secretaria de Assistência Social, em parceria com organização cristã Mocidade para Cristo, realiza o projeto Escola da Vida até a próxima sexta-feira (28), em Guarapuava. Crianças e adolescentes, que participam dos projetos da Assistência Social estão recebendo orientações sobre princípios de vida. “Trabalhamos com sexualidade, drogas, auto-estima, relacionamento familiar e violência. Queremos mostrar para as crianças a maneira correta sobre como agir em determinadas situações”, explica a coordenadora da Escola da Vida de Guarapuava, Solange Martins de Lala.


As 36 crianças participantes da Escola da Vida têm entre nove e 14 anos e são atendidas pelos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) dos bairros Boqueirão, Jardim das Américas, Morro Alto e Residencial 2000.  Amanda Freitas tem 11 anos e participa do projeto pela primeira vez. “Hoje aprendi que tenho que respeitar meus pais, meus irmãos, as pessoas mais velhas, e que eu posso ajudar em casa com coisas simples, como arrumar minha cama, jogar o lixo e não deixar as coisas espalhadas pela casa. São coisas pequenas, mas que fazem a diferença”, conta.

Assim como Amanda, João Pedro Rosa de dez anos também mostrou que aprendeu muita coisa na palestra sobre relacionamento familiar. “Aprendi que devemos usar sempre algumas palavras como obrigado, por favor, com licença e quando fazemos coisas erradas temos que pedir desculpas”, comenta.
O oficina Escola da Vida termina na sexta-feira (28) com show cultural, lanche e premiação para a melhor redação sobre as atividades realizadas durante a semana. 

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA