quarta-feira, 7 de setembro de 2016

GUARAPUAVA ESTÁ NO RANKING NEGATIVO EM EFICIÊNCIA DE MUNICÍPIOS? VEJA A PESQUISA DA FOLHA DE SÃO PAULO


Guarapuava é apenas o 3.044° município brasileiro no REM-F (Ranking de Eficiência dos Municípios), publicado pelo jornal Folha de São Paulo no dia 19 último. 
Com índice de 0,439, a administração municipal está na categoria de pouca eficiência. Em quatro itens que compõe o estudo, Guarapuava ficou com nota abaixo da média nacional em todos, exceto em saneamento (0,811, contra média de 0,567).
Em Educação, o município atingiu 0,346, menos que média
de 0,509. Em saúde, 0,444 - a média é 0,500. E em receita, 0,088, diante da média 0,166. Segundo o ranking, o Executivo municipal tem 4.119 servidores, ou 2,3 funcionários para cada 100 habitantes. Entre as 26 cidades paranaenses com população de 50 mil a 200 habitantes, Guarapuava é a 17ª. Lideram o ranking Campo Mourão (0,562), Paranavaí (0,561) e Apucarana (0,519) – todos considerados eficientes.
Como funciona
O ranking foi lançado no final de agosto com vistas às eleições municipais deste ano, pela a Folha em conjunto com o Datafolha, com o objetivo ser uma ferramenta inédita para aferir quais prefeituras do Brasil entregam mais serviços básicos à população usando menos recursos financeiros.

O Ranking de Eficiência dos Municípios da Folha leva em consideração o atendimento das prefeituras nas áreas básicas de saúde, educação e saneamento, tendo como determinante para o cálculo de eficácia na gestão a receita per capita disponível de cada cidade.
Na educação, o ranking contabiliza os percentuais de crianças atendidas por creches e escolas municipais. Na saúde, a cobertura da população por equipes de atenção básica e o total de médicos por habitante. No saneamento, os percentuais de domicílios atendidos por redes de água e esgoto e por sistemas de coleta de lixo. Esses componentes são somados e depois divididos pela receita per capita de cada cidade, produzindo um ranking de eficiência no gasto.
O levantamento cobre 5.281 municípios (95% do total) e se utiliza dos dados mais recentes disponíveis para uma base dessa dimensão. Além de separar esse conjunto de municípios em quatro categorias ("Eficiente", "Alguma eficiência", "Pouca eficiência" e "Ineficiente"), o trabalho traz outros indicadores de gestão –como o grau de dependência dos recursos da União e dos Estados, o aumento do funcionalismo na última década e em quais áreas a cidade se sai melhor ou pior. 
Os índices de Guarapuava podem ser acessados no linkhttp://www1.folha.uol.com.br/remf/#/municipio/3044/guarapuava

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA