terça-feira, 27 de setembro de 2016

Sesp não tem prazo para decidir sobre a anulação da “Lei Seca”


A Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp) ainda não decidiu se vai ou não manter a não aplicação da chamada “lei seca” durante as eleições. Por meio de um ofício enviado na semana passada, a Abrabar – Associação Brasileira de Bares, Restaurantes e Casas Noturnas – pede ao secretário Wagner Mesquita para que a proibição do comércio e consumo de bebidas alcoólicas no dia da votação seja anulada
, a exemplo do que ocorreu no pleito de 2014. De acordo com a Sesp, no entanto, o assunto ainda está em debate “com outras instituições interessadas e envolvidas no processo”.
De acordo com o presidente da Abrabar, Fábio Aguayo, a norma impacta diretamente no setor com queda de movimento de até 60%. Com a previsão de proibição, a entidade e a Apras, a Associação Paranaense de Supermercados, costumam recorrer à Justiça para derrubar a regra.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA