terça-feira, 6 de setembro de 2016

Sergios Moro e Moros multiplicam-se como candidatos apos o sucesso da Lava Jato


Em Curitiba por exemplo o eleitor tem Sergio Moro como candidato a vereador e ainda  pode escolher entre dois Moros ,  Sergio Moro e Moro.
Em São José dos Pinhais, na região metropolitana da cidade, o eleitor também tem um Sérgio Moro à escolha —este, com acento. Com informações de Estelita Hass Carazzai, na Folha de S.Paulo.
Nenhum deles é o juiz federal Sergio Fernando Moro, paranaense que se notabilizou. na Operação Lava Jato.

Todos, porém, usam o nome ou o sobrenome, homônimo ao do juiz famoso, como alavanca política.
O Sergio Moro que quer ser vereador em Curitiba, batizado Sergio Moro Harger, disputa sua primeira eleição.
Aos 35 anos, o empresário recebeu convite de “cinco ou seis partidos”. Nunca havia pensado em ser político, mas aceitou e escolheu o PSD.
“O meu nome é um chamado. Mas é também uma responsabilidade; quero fazer uma política correta”, afirma.
Na internet, seu material de campanha estampava uma bandeira do Brasil e a frase “o vereador da República de Curitiba”. O bordão foi, depois, descartado.
“Não é isso que queremos passar. Temos propostas a apresentar, não estou pegando carona.” Voluntário em um hospital e em casas de recuperação, uma de suas prioridades será a segurança.
Para o candidato a vereador Moro (PRP), nome completo João Cristiano Moro, ter um homônimo famoso é “uma feliz coincidência”.
“Me perguntam: ‘Mas você vai usar o nome do juiz?’ Não, vou usar o meu. Por acaso, é o dele também”, diz.
Ele, que é filiado há 18 anos e planeja sua candidatura há três, diz acreditar que o sobrenome famoso não elege ninguém. “É uma vantagem, mas o eleitor não vota pelo folclórico. Se agregar 100 votos, é muito.”
Também há Moros fora do Paraná, principalmente em São Paulo –são 15.
A referência ao sobrenome abunda nos materiais de campanha: “Eu quero MORO na Câmara!”, diz o santinho de Rachel Moro (PSD), em Santa Bárbara d’Oeste (SP).
“O Moro somou, é um orgulho, mas é também meu sobrenome. Minha família tem história na cidade”, diz ela.
Em Quilombo (SC), o candidato a vereador Tartaruga dispensou o apelido e adotou o nome completo, Ademar Moro, como nome de urna.
Tem até um Moro do PT: Agostinho Moro, 61, é o atual vice-prefeito e candidato à reeleição em Bom Progresso (RS). Nome de urna: Moro.
Todos os candidatos têm, de fato, o sobrenome famoso, e boa parte já se candidatou em outras eleições. São 48 em todo o país com o Moro na urna, pequeno aumento em relação à última eleição municipal, quando foram 35 –e nenhum Sergio Moro.
Parente do juiz, mesmo, nenhum, a não ser distante. O magistrado não declara apoio a nenhum político.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA