segunda-feira, 19 de setembro de 2016

DROGA , DROGA E DROGA ATÉ PE DE MACONHA ENCONTRADO EM CONDOMINIO DO CONRADINHO


03 – VENDER ADQUIRIR, FORNECER PRODUZIR DROGAS

Por volta das 04h40min, do dia 17 de set.16, em patrulhamento pelo Bairro Santa Cruz, populares informaram à equipe, que um indivíduo estaria agredindo os frequentadores de um estabelecimento, e estaria comercializando substâncias entorpecentes no local e dizendo que estava armado. A equipe localizou o indivíduo, e ao realizar a abordagem foi localizado em seu bolso certa quantidade de substância análoga a maconha, posteriormente pesada totalizou 60 gramas, bem como a quantia de R$46,00 em notas diversas e de pequeno valor. Diante dos fatos foi encaminhado o indivíduo para a 14ª SDP, para os procedimentos cabíveis.

 04 – ADQUIRIR VENDER FORNECER DROGAS


 Por volta das 11h, do dia 17 de set.16, no Bairro Conrradinho, segundo denúncia no 190, um morador estaria cultivando um pé de maconha, e que o funcionário do condomínio Conradinho havia encontrado a referida planta. No local em conversa com um funcionário, o mesmo relatou que durante uma vistoria de rotina em meio ao jardim, localizou um pote plástico contendo duas plantas análoga a canabis sativa. Relatou ainda que há alguns dias um adolescente que reside com sua avó no mesmo condomínio, estaria cultivando a planta. O adolescente já foi apreendido anteriormente por estar cultivando a mesma substância há cerca de um mês. Entrado em contato com a avó do adolescente, a mesma informou que o adolescente teria saído bem como disse não saber nada a respeito da planta. Diante dos fatos foram encaminhados as plantas e o funcionário do condomínio até a 14ª SDP para os procedimentos cabíveis.

 05 – DROGAS PARA CONSUMO PESSOAL EM GUARAPUAVA E FORNECER PRODUTOS DE DEPENDÊNCIA FÍSICA/ QUÍMICA 

No dia 17 set. 16, por volta das 16h20min, uma equipe em patrulhamento pelo Centro, avistou várias pessoas consumindo bebida alcoólica no interior do Parque do Lago, após abordagem foi averiguado que, dos nove abordados três eram maiores de idade. Indagados, todos assumiram terem ingerido a bebida, incluindo os menores de 18 anos. Ninguém assumiu ser o proprietário da bebida, feito varredura nas proximidades do local, foi localizado uma bucha com substância análoga a maconha, nenhum dos abordados assumiu ser proprietário do entorpecente. Diante do fato acionado o Conselho Tutelar e encaminhado todos, juntamente com os objetos apreendidos até a 14ª SDP para os procedimentos cabíveis. Durante a revista, fora encontrado cinco aparelhos de celular, e ao questionar sobre a origem dos telefones ninguém soube comprovar, nem com testemunhas ou notas fiscais, sendo feita a apreensão dos aparelhos e repassados a Polícia Civil. Foram conduzidos à 14ª SDP, 16 anos, 16 anos, 16 anos, 15 anos, 14 anos, 17 anos, 18 anos, 18 anos e 30 anos

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA