quinta-feira, 28 de julho de 2016

Estagiários do Tribunal de Justiça são presos após aplicar fraudes superior a R$ 100 mil

Foto: Divulgação / Polícia Civil do Paraná

Pelo menos 14 pessoas foram vítimas de dois ex-estagiários do Tribunal de Justiça do Paraná suspeitos de clonar cartões de crédito. A dupla, de 20 e 21 anos, foi presa hoje de manhã (quinta), em Curitiba.
 Segundo as investigações, eles cometeram os crimes quando estagiavam no local e acessavam, de forma fraudulenta, os dados pessoais das vítimas e faziam compras em lojas virtuais. O prejuízo chega a cem mil reais. Os suspeitos trabalharam no Tribunal de Justiça por um ano
. Segundo o delegado Wallace Brito, da delegacia de Estelionato, todos os produtos que eles compravam com o dinheiro das vítimas eram entregues na sede do TJ. Muitas das vítimas são funcionários do órgão.
O delegado afirma que ainda não há informações de como eles conseguiam os dados das vítimas.
Em nota, o Tribunal de Justiça afirma que não vai se pronunciar sobre o assunto até que as investigações sejam concluídas.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA