quarta-feira, 22 de junho de 2016

Adolescente grávida de trigêmeos aborta em banheiro de escola

Uma adolescente de 15 anos sofreu um aborto dentro de um banheiro do Colégio Estadual Professor Izidoro Ceravolo, em Apucarana, na região norte do Paraná. Aluna do segundo ano do ensino médio, ela estava grávida de trigêmeos e tomou remédios abortivos que são proibidos no Brasil.

O caso aconteceu na quinta-feira (16) e segundo a Polícia, a garota abortou um dos três fetos ainda na escola. Funcionários da unidade de ensino ouviram os gritos por socorro e encontraram a jovem toda ensanguentada.
A direção do colégio chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que encaminhou a adolescente para o Hospital da Providência, no centro de Apucarana, onde a garota passou por uma cirurgia para a retirada dos outros dois fetos.
De acordo com o delegado José Jacovos, responsável pelas investigações do caso, a adolescente pode responder criminalmente pelo crime de aborto. “Cometer aborto de forma intencional é crime previsto na legislação e ela pode responder a um procedimento especial por ser menor. Quem vendeu o medicamento para ela também pode ser responsabilizado”, disse o delegado.

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA